Publicidade

Kiluanji Kia Henda na Somerset House


Depois de ter vencido a Sculpture Commission 2019 em Agosto último, o angolano Kiluanji Kia Henda acaba de apresentar “The Fortress”. A escultura metálica do multifacetado artista foi seleccionada de entre 100 propostas enviadas de 21 países africanos para a Somerset House, em Londres. Que orgulho!

Kiluanji vive e trabalha neste momento entre Luanda e Lisboa, nascido em 1979, cresceu rodeado por amantes da fotografia, o que fez com que desde cedo desenvolvesse o seu interesse pela arte.

Publicidade
Kiluanji Kia Henda na Somerset House
Kiluanji Kia Henda

Artista autodidacta, começou a dar os primeiros passos na música e no teatro, mas é através de vertentes como a fotografia, o vídeo e a escultura que tem explorado universos como a história e a memória colonial, o modernismo em África e as relações Europa-África, de forma contundente e satírica.

“The Fortress” – A Fortazela – faz parte de uma colecção de arte intitulada “A City Called Mirage” – Uma Cidade Chamada Miragem – , que inclui fotos e serigrafia de esculturas feitas no deserto de Al Zaraq, na Jordânia, sendo grande parte delas de metal, relembrando assim as paisagens de uma cidade imaginária.

Kiluanji conta estórias virtuais futuras, que nada têm a ver com o passado, e recria-as com objectos tri-dimensionais.

Kiluanji Kia Henda na Somerset House
The Fortress na Somerset House, em Londres

A escultura viajará a seguir para a Tunísia, para integrar uma colecção da Fundação Kamel Lazaar, que patrocina, ano após ano, o prémio de escultura monumental para espaços públicas.

O que é nacional é bom!


Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Kiluanji Kia Henda na Somerset House
Publicidade
Publicidade
Publicidade