Publicidade

Museu do Dundo: Um rico patrimônio cultural

Localizado na província da Lunda-Norte, o Museu Regional do Dundo existe há mais de 100 anos e tem sido uma das principais atrações turísticas e fonte de investigação científica tanto nacional como internacional.

Zelando sempre pela conservação da cultura , documentação, pesquisas históricas sobre o povo Côkwe, só no ano passado o MRD recebeu 30 mil visitantes na qual 20 mil estrangeiros provenientes de vários países.

Publicidade

O Museu do Dundo é um verdadeiro patrimônio não do povo da Lunda-Norte, mas sim patrimônio Nacional. Tem ajudado bastante os estudantes, investigadores, historiadores, universidades, turistas e várias particularidades na compreensão dos acontecimentos históricos para a construção do Império daquela província, focado sempre na preservação das memórias dos antepassados.

Em fase de renovação, a direção da instituição quer apostar mais na criação de um acervo museológico interativo, atrativo, inovador, quer criar parcerias com universidades nacionais e internacionais, recolher peças que faltam ligadas à arte Côkwe. A construção de um edifício moderno, laboratório de investigação biológica, e a requalificação da estação arqueológica do Bala-Bala, revitalização da Aldeia Museu, e formação de quadros para atrair cada vez mais turistas.

Museu do Dundo: Um rico patrimônio cultural
Museu do Dundo: Um rico patrimônio cultural
Museu do Dundo: Um rico patrimônio cultural

Já deve estar curioso para saber o que podemos encontrar no museu do Dundo, não é? Ora aqui vai:

• Possui nove mil coleções etnográficas;
• Mais de 800 peças sobre a história natural;
• Arquiva objetos biológicos;
• Coleciona conjuntos arqueológicos;
• Arte sacra, popular e vários outros materiais: Que representam a história da Revolução Industrial, bem como a exploração de diamantes;
• Vestimentas e máscaras utilizadas em rituais, cerimónias ou festas;
• Quadros ilustrativos sobre a famosa circuncisão “Mucanda” ;
• Mahamba: É o culto aos espíritos tutelares representados por estátuas e árvores para garantir a proteção diária e manter a paz com os espíritos;
• Kafundeji: É o ritual de iniciação feminina que prepara as adolescentes para a fase adulta, onde a menina é instruída para o casamento e a vida sexual activa;
• Estatueta do Samanhoga o famoso “Pensador”: Um símbolo nacional que faz parte da moeda angolana;
• Máscara Mwana Phowo: Retrata a beleza feminina;
• Mukishi wa Mwanangana: O palhaço do rei que corresponde ao sacrifício sagrado e representa os antepassados do chefe tribal;
• Instrumentos musicais como Ngoma: Um batuque, tambor e puíta.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Museu do Dundo: Um rico patrimônio cultural
Publicidade
ZAP BOX HD PROMOÇÃO - Banner
Publicidade