Publicidade

A encantadora história de Daphne Bridgerton e Simon Basset, “O Duque e Eu”

Publicidade

Logo nas primeiras páginas será fisgado pela escrita peculiar de Julia Quinn. A autora é capaz de fazer ir do riso ao coração apertado numa questão de minutos. Há cenas engraçadas, cenas românticas, cenas com um pouco mais de seriedade e tudo muito bem equilibrado.

A encantadora história de Daphne Bridgerton e Simon Basset, “O Duque e Eu”

A família Bridgerton é composta pela mãe guerreira Violet e pelos oito filhos. “O Duque e Eu” é protagonizado por Daphne, a mais velha das mulheres e a quarta na ordem de nascença.

Publicidade

Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos a viajar pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arranjar um bom partido para as suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova do seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a vêem como uma boa amiga.

A encantadora história de Daphne Bridgerton e Simon Basset, “O Duque e Eu”

A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atractivos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa de fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Simon importa-se realmente com Daphne. O seu passado e a relação com o seu pai não era das melhores e isso influenciou muito a formação do seu carácter. Quando ele conhece Daphne, ela o vê como realmente é, mas ele demora a perceber isso. Quando ele está com Daphne, consegue ser romântico e galanteador ao mesmo tempo.

A encantadora história de Daphne Bridgerton e Simon Basset, “O Duque e Eu”

A primeira saga que foi lançada no dia 5 de Janeiro de 2000 conta com mais de 4 livros e agora uma série na Netflix intitulada “Bridgerton”, interpretada por Phoebe Dynevor (Daphne Bridgerton), Regé-Jean Page (Simon Basset, o Duque de Hastings), Ruth Gemmell interpreta Lady Violet Bridgerton, mãe dos 8 filhos, Jonathan Bailey (Anthony Bridgerton, Visconde Bridgerton), Luke Thompson (Benedict Bridgerton), Luke Newton (Colin Bridgerton), Claudia Jessie (Eloise Bridgerton).

Livro 1 – O Duque e Eu (The Duke and I)

Livro 2 – O Visconde que Me Amava (The Viscount Who Loved Me)

Livro 3 – Um Perfeito Cavalheiro (An Offer From a Gentleman)

Livro 4 – Os Segredos de Colin Bridgerton (Romancing Mister Bridgerton)

Livro 5 – Para Sir Phillip, Com Amor (To Sir Phillip, With Love)

Livro 6 – O Conde Enfeitiçado (When He Was Wicked)

Livro 7 – Um Beijo Inesquecível (It’s In His Kiss)

Livro 8 – A Caminho do Altar (On The Way to the Wedding)

Livro 9 – E Viveram Felizes para Sempre (The Bridgertons: Happily Ever After)

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

A encantadora história de Daphne Bridgerton e Simon Basset, “O Duque e Eu”
Publicidade
Publicidade