Publicidade

Companhia de dança “Corpus Entre Mundos” representa Angola no festival Internacional de Dança, em Brasília

Publicidade

A Companhia de dança “Corpus Entre Mundos”, do Angolano Dilo Paulo, está encarregue de fazer a abertura do festival Internacional de Dança.

Companhia de dança “Corpus Entre Mundos” representa Angola no festival Internacional de Dança, em Brasília

O Movimento Internacional de Dança (MID) é uma realização do Instituto Bem Cultural.

Publicidade

Mais uma vez, Dilo Paulo vai conduzir o evento junto de Lenna Siqueira, bailarina Brasileira e directora artística da companhia.

Com entrada gratuita, o evento acontece de 07.09 a 12.10 deste anos nos palcos do CCBB, presencialmente, além da transmissão pelas Redes Sociais.

Dilo Paulo, bailarino, coreógrafo e responsável pela Companhia de dança, louva a iniciativa do festival que une povos.

“MID surgiu de uma vontade genuína e intrínseca de colocar a plateia diante de uma dança, simplesmente dança.

E o que era uma faísca buliçosa acendeu uma chama fulgurante que faz hoje do Movimento Internacional de Dança (MID) o maior festival do género no Centro-Oeste e um dos representativos do Brasil, que faz uma ponte efectiva com a dança de diversos países”, disse.

O festival Internacional de Dança é um evento patrocinado pelo Banco do Brasil, embaixada francesa, FAC e LIC.

E com apoios do Centro Cultural Banco do Brasil e recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal FAC-DF, grupos e companhias de dança do Brasil e do mundo todo serão destaques nos palcos físicos e virtuais do CCBB-DF.

O MID seleccionou espetáculos de grupos profissionais e amadores do Distrito Federal, além de companhias de França, México, Ceará, Paraná, Rio de Janeiro e representando Angola, Dilo Paulo & Lenna Siqueira,  com a companhia Corpus Entre Mundos.

As apresentações acontecerão presencialmente, mantendo todos os protocolos de segurança referentes à pandemia COVID-19 e por transmissões virtuais, os espaços do CCBB serão ocupados por um programa que reúne um mix de coreografias, mantendo a essência das diferentes linhas estéticas, transitando da dança clássica à contemporânea nas suas diversas vertentes e linguagens.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Companhia de dança “Corpus Entre Mundos” representa Angola no festival Internacional de Dança, em Brasília
Publicidade
Publicidade