Publicidade

Conheça a história do artista plástico Serafim Serlon

Publicidade

Existem várias formas de ser artista, mas para muitos, é incontestável que Deus é o maior artista do Universo.

O jovem Huilano de 28 anos, de nome Serafim Serlon, é o jovem talento que lhe vamos apresentar hoje. Serafim é considerado um homem muito humanista. Começou a fazer arte ainda na infância, com apenas 8 anos, incentivado pela sua mãe e por este motivo tem como a maior fonte de inspiração a Mulher e a beleza feminina.

Em entrevista exclusiva à Chocolate, Serafim descreveu a sua linda trajectória de vida artística, começando pela influência da mulher mais importante da sua vida, a sua Mãe, o motivo de ser o grande e talentoso artista plástico que é hoje.

“A minha mãe foi a primeira artista com quem tive contacto. Ela não fazia arte profissionalmente, mas tinha bastante talento. Lembro-me dela ter feito todos os meus desenhos enquanto frequentava a iniciação”, partilhou, emocionado. Após a morte da sua mãe Serafim decidiu dar continuidade à sua veia artística. “Vi na arte uma forma de preencher o vazio que a minha mãe deixou, foi quando percebi que ela era o maior incentivo para continuar. A perda da minha mãe fez com que eu me tornasse no artista que sou hoje.” 

Com diversos trabalhos feitos em Angola e no mundo, o artista plástico é um grande protector e apreciador do meio ambiente e por este motivo as suas técnicas tendem a favorecê-lo, para uma vida mais sustentável.

“As minhas técnicas baseiam-se no reaproveitamento dos materiais, devido às elevada quantidade de lixo pelas ruas de Luanda. Daí que surgiu o meu primeiro conceito artístico, “Vidas sobre restos”, exactamente para incentivar a preservação do meio, por isso é importante começarmos a fazer reciclagem.”  Foi através destes lindos quadros e técnicas que fez homenagem a vários artistas Angolanos.

Todo o artista busca o reconhecimento internacional e Serafim não é a excepção, já expôs em países como Portugal, Brasil, Bélgica e Itália – com muito destaque – e continua a fazer trabalhos magníficos que tem apresentado nas variadas galerias de Angola,  “90% das minhas obras são compradas por coleccionadores estrangeiros”

O talentoso jovem Huilano almeja expor as suas obras em muitas galerias mundiais, mas tem como alvo principal o Museu de Louvre, situado emFrança.

Sobre a questão dos artistas que mais admira no mercado Angolano, Serafim afirmou que tem muito apreço por muitos artistas, especialmente Guilherme Guizef e Binelde. “Admiro muito o Guizef devido à sua linha poética, e Binelde por ser um artista muito ousado e por ter um rico percurso. A nível nacional gostaria de realizar algum projecto com o Binelde devido ao seu percurso artístico. Ele é dotado de experiências”.

Cantar, meditar, escrever, refletir e observação constante é o que o pai da pequena Welwitsha Tchissola faz nos tempos livres. Acredita que a filha de 2 anos tem uma grande ligação com e tem tudo para entrar no mundo artístico: “Tenho como compreensão do universo que cada ser humano vem ao mundo com um propósito divino, por essa razão deixo que as coisas fluam para ela. Apenas dou o suporte na sua inclinação. Mas ela segue as minhas pegadas e isso é natural. Tenho um quadro pintado por ela na minha colecção”, concluiu Serafim. 

“Neste momento estou a trabalhar para a abertura do meu novo atelier e lapidação de 10 jovens artistas – que brevemente teremos no nosso mercado artístico – e o meu empresário artístico está a cuidar de muitos bons projectos, que brevemente irei anunciar”, adiantou.

Foi no aniversário do Spa Vip Beauty Lounge que expôs a sua paleta artística, que é uma pintura sobre instalações de materiais reciclados e outras obras ligadas ao glamour e às profunda reflexão.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Conheça a história do artista plástico Serafim Serlon
Publicidade
Publicidade