Publicidade

Sadio Mané eleito pela segunda vez melhor jogador africano do ano

Publicidade

Pela segunda vez e consecutiva, Sadio Mané foi coroado (nesta Quinta-feira) o melhor jogador africano do ano, na cerimónia que aconteceu na capital Marroquina, Rabat.

Sadio Mané eleito pela segunda vez melhor jogador africano do ano

Foi o segundo prémio consecutivo de jogador continental do ano para Mané depois de a pandemia de coronavírus ter forçado o cancelamento das duas últimas edições.

Publicidade

O atacante do Senegal ganhou a honra pela primeira vez em 2019, enquanto jogador do Liverpool. Agora com 30 anos, deixou o clube da Premier League no mês passado depois de ter assinado um contrato de três anos com o Bayern de Munique.

Ele venceu à frente do ex-companheiro de equipa do Liverpool, Mohamed Salah, do Egipto; e do também internacional senegalês e guarda-redes do Chelsea, Edouard Mendy.

“Estou realmente honrado e muito feliz por receber este prémio novamente”, disse Mané. “Graças aos meus treinadores, aos meus colegas do clube e da selecção e aos amigos que estiveram ao meu lado nos momentos difíceis”.

Nascido numa vila a cerca de 400 quilómetros de Dakar, Mané atraiu a atenção de Metz por ter jogado pelo clube local da segunda divisão Generation Foot.

Depois de ganhar fama em Salzburgo, Mané juntou-se ao Southampton, onde os seus feitos incluíram marcar um hat-trick de 176 segundos na Premier League contra o Aston Villa. Em meados de 2016, o senegalês assinou pelo Liverpool e passou a formar uma temida frente de três com Salah e o brasileiro Roberto Firmino.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Sadio Mané eleito pela segunda vez melhor jogador africano do ano
Publicidade
Publicidade