Publicidade

Um Huambo mais turístico

Quem não conhece Huambo e viaja pela primeira vez, de certeza que dá razão aos nativos daquela terra que se enchem de orgulho por lá nascerem.

Somente ao descer do carro, após sete horas de estrada a partir de Luanda que se percebe que estamos entre as 3 províncias mais belas de Angola. O seu clima só vem complementar o que há de magnífico desde a sua natureza à gente vivente. Os primeiros portugueses apaixonaram-se por esta terra, chegando a denomina-lo por “Nova Lisboa“, pelo ambiente que oferece, muito semelhante à capital lusa segundo alguns estudos.

Publicidade
Um Huambo mais turístico
Edifício dos Correiros de Angola, Huambo

Numa volta aos 11 municípios, o turista vai observar uma variedade de montanhas por ser um território com uma altitude cima do nível do mar e a mãe natureza deu uma beleza que faz qualquer viajante repetir o passeio. Excelente para levar a família e amigos para conhecerem os 116 pontos turísticos da província. Uma paragem obrigatória no Morro do Moco, o tecto de Angola, o local proporciona a prática de rapel, voo livre e canoagem.

Um Huambo mais turístico
Rinoceronte do Huambo

Huambo tem uma fauna diversa com o rinoceronte, hipopótamo, a girafa, o leão, o crocodilo e o elefante dando-lhe as boas-vindas ao lado de centenas de aves, répteis e antílopes que por ali percorrem em busca de melhores pastos.

São fotos inesquecíveis ao ver estes animais ao vivo, o verdadeiro motivo de África atrair pessoas de outros continentes.

Pode também encontrar várias espécies de plantas que na sua maioria servem para combater doenças, e receitas de beleza para mulheres.

O Bailundo que perdurou até ao fim do século XIX, foi o reino mais famoso da localidade e a população bebeu imenso da sua tradição e cultura que está patente até aos dias actuais.

Um Huambo mais turístico

O túmulo do mítico caçador Wambo Calunga, originou o nome da província.

A sua área urbana evoluiu consideravelmente, com vários pontos de lazer. O estilo musical “sungura” é o mais popular e não tem como não dançar o seu ritmo na língua local umbumdu. Cantores como Justino Uandanga, Bessa Teixeira e Sabino Henda, estão entre os mais queridos do país.

No centro da cidade vem logo um dos marcos mais importantes, a Estátua de Agostinho Neto, o primeiro presidente de Angola, e mais à frente, há o Museu Antropológico Municipal do Huambo composto por um grande número de obras de artesanato local, roupas típicas da cultura huambesa, utensílios e obras de arte.

Um Huambo mais turístico

Um dos símbolos arquitetônicos da cidade, é a Catedral da Sé do Huambo, um patrimônio colonial intacto, é uma preservação obrigatória.

Mas depois disto não deixe de visitar a Ilha dos Amores, o Monte Halavala, a Ilha do Cuile, as Figuras Rupestres de Caninguili e a Nascente do rio Cubango que de certa forma, fará a sua viagem valer a pena.

Um Huambo mais turístico

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Um Huambo mais turístico
Publicidade
ZAP BOX HD PROMOÇÃO - Banner
Publicidade