Publicidade

Hotel Ekuikui I: No coração da Cidade Vida do Huambo

Publicidade

O Huambo é uma cidade e município de Angola, a capital da província do Huambo, mas não é propriamente na cidade que pretendemos focar-nos, há também mas sim num dos pontos de referências da cidade: o Hotel Ekuikui I, que ocupa um lugar no coração da Cidade Vida do Huambo.

Hotel Ekuikui I: No coração da Cidade Vida do Huambo

Tal como sabemos, provalvemente Ekuikui I terá sido o sexto Rei do Bailundo. Ao revisitar a História, o actual soberano – Ekuikui V – conta que o Reino do Bailundo foi fundado no século XV por Katyavala Bwila (ou Katyavala I) que viajou de terras do Seles (Kwanza Sul) e se estabeleceu nas cercanias da Halavala (Montanha), terras onde hoje se situa a vila do Bailundo e de que se dizia na época serem verdejantes e fartas em caça. Bom, tudo é apenas história!

Publicidade
Hotel Ekuikui I: No coração da Cidade Vida do Huambo

Porém, neste pedaço de História pode estar o início de mais uma aventura de quem quer visitar a província do Huambo, cujas origens se confundem nos corredores do tempo e nas estórias que se contam do Reino do Bailundo e dos seus soberanos.

Ao chegar de avião ou de carro à “Cidade Vida”, como é agora conhecido o Huambo, uma das opções de alojamento é, precisamente, o Hotel Ekuikui I, situado bem no centro da cidade.

É aqui onde reside o encanto de construção recente. Esta unidade hoteleira dispõe de pelo menos 70 quartos.

As duas suites executivas oferecem um ambiente romântico e acolhedor no topo do moderno edifício e com vista para a principal praça da cidade.

No restaurante Longonjo (nome de um dos municípios da província do Huambo), as refeições principais transformam-se em verdadeiros momentos de prazer gastronómico. O buffet abre-se em cheiros e sabores da cozinha angolana e internacional.

Hotel Ekuikui I: No coração da Cidade Vida do Huambo

Já o restaurante Caála (nome de outro dos municípios da província do Huambo), oferece o prazer de um pequeno-almoço buffet onde as opções passam pelo “mata-bicho angolano”, com batata-doce, mandioca, banana cozida e uma variedade de carnes e enchidos, pelo “pequeno-almoço continental” e pelo “English Breakfast”, ou seja, pelo pequeno-almoço à inglesa.

O ambiente descontraído e ao mesmo tempo luxuoso e elegante da recepção do Hotel Ekuikui I estende-se aos corredores e anicha-se em cada canto das espaçosas salas que guardam verdadeiras obras de arte entre máscaras e esculturas, peças vistosas do rico artesanato angolano.

Hotel Ekuikui I: No coração da Cidade Vida do Huambo

Tem se dito que é quase impossível estar no Huambo e não cair na tentação de desfrutar do encanto do Hotel Ekuikui I. Diga-se, é um cartão de visita para a cidade.

Como ir

A cidade do Huambo situa-se no Planalto Central de Angola, a cerca de 1800 metros de altitude. O avião é o meio de transporte mais rápido e cómodo para lá chegar, em voos TAAG que se realizam todos os dias. No entanto, as ligações por estrada oferecem a possibilidade de conhecer outras belezas de Angola numa viagem de cerca de 690 quilómetros – se tomarmos a estrada Luanda/Sumbe/Huambo – e de 800 quilómetros – se optarmos pela ligação que passa perto da cidade do Lobito, ou seja, Luanda/Canjala/­Huambo.

A terceira opção pode ser feita pela estrada que liga Luanda/Dondo/­Huambo, num total de cerca de 600 quilómetros.

Hotel Ekuikui I: No coração da Cidade Vida do Huambo

Onde ficar

Devido ao encanto, com certeza é no Hotel Ekuikui I, que fica na Avenida Torres Garcia, bem no centro da cidade do Huambo.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Hotel Ekuikui I: No coração da Cidade Vida do Huambo
Publicidade
Publicidade