Publicidade

Viaje para Kieve visite Chernobyl sem sair de casa

Publicidade

Chernobyl: já o nome soa estranho e pesado, e é mais uma prova de que os nomes influenciam muitas pessoas, objectos e muitas outras coisas. Chernobyl é uma gíria da internet usada para definir uma pessoa tóxica, uma pessoa tão má que poderia emitir uma radiação, radiação esta referente à maior catástrofe nuclear da história, que ocorreu em 1986 na usina nuclear de Chernobyl.

Viaje para Kieve visite Chernobyl sem sair de casa

Após a produção de uma série documental, o lugar ficou ainda mais atractivo para os turistas, famintos por conhecimentos e outros sedentos por uma selfie para embelezar as suas redes sociais, desrespeitando a dor de quem sofreu com a explosão e que carrega as marcas até hoje.

Publicidade

Uma tragédia soviética

Viaje para Kieve visite Chernobyl sem sair de casa

A explosão do reactor quatro – na noite de 26 de Abril de 1986 – ocorreu durante um teste normal de funcionamento da fábrica, no qual existiram erros de pessoal e repetidas violações dos procedimentos de segurança à fraqueza estrutural de uma central mal concebida. O resultado foi a explosão e o consequente incêndio mortal, que deflagrou durante dias, espalhando enormes quantidades de substâncias radioactivas para a atmosfera (estimadas 400 vezes mais altas do que as libertadas pela bomba atómica de Hiroshima). Subestimando a gravidade da situação, as autoridades decidiram não evacuar de imediato a cidade vizinha de Pripjat, tendo os trabalhadores ido trabalhar regularmente na fábrica na manhã do dia 26, com o reactor a arder, uma vez que ninguém os tinha avisado do perigo.

Na altura da explosão, 31 pessoas morreram, seguidas nos dias subsequentes por centenas de trabalhadores, bombeiros, soldados e civis expostos à radiação. A estimativa final, ainda incerta, está entre as 9 mil vítimas, segundo a Organização Mundial de Saúde, mas segundo uma agência bielorussa, está perto de 115 mil. A obsessão com o sigilo da burocracia soviética, aliada à insuficiência das contramedidas tomadas para lidar com a emergência, agravou a situação, tornando hoje a estimativa ainda mais incerta.

Viaje para Kieve visite Chernobyl sem sair de casa

Para as pessoas que forem visitar fisicamente o local, evitem fotografias que causem desrespeito ao mesmo, é necessário que cultivemos o amor ao próximo em todos os momentos, mesmo que seja num local “turístico”.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Viaje para Kieve visite Chernobyl sem sair de casa
Publicidade
Publicidade