Publicidade

Maravilhas Naturais de Angola: Rio Kwanza, o maior rio exclusivamente angolano

Publicidade

O Rio Kwanza é o maior rio exclusivamente angolano. Nasce em Mumbué, município do Chitembo, Bié, no Planalto Central do país. O seu curso de 960 km desenha uma grande curva para Norte e para Oeste, antes de desaguar no Oceano Atlântico, na Barra do Kwanza, a sul de Luanda.

Maravilhas Naturais de Angola: Rio Kwanza, o maior rio exclusivamente angolano

O Rio Kwanza conta com uma área total da bacia hidrográfica de 152 570 km2 (rio Tamisa 12 935 km2), (rioTejo 79 800 km2).  Em grande parte da sua bacia, excepto no Baixo Cuanza, chove abundantemente, em torno de 1 200 mm anuais. Eum ano seco a chuva anual nunca desce abaixo de 900 mm. (É um rio onde se não conhece nenhum ano de seca).

Publicidade

A maioria dos solos é de constituição arenosa resultando uma grande infiltração de águas e um consequente nível freático muito alto.
É uma bacia bem servida de águas superficiais e de águas subterrâneas.

Maravilhas Naturais de Angola: Rio Kwanza, o maior rio exclusivamente angolano

Afluentes na margem direita são o Lucala (o maior), Mucoso, Lombe, Cuíje, Cuque, Luando, Cuíva, Cuíme e Chimbamdiango.

Afluentes na margem esquerda o Gango, Cutato, Cunhinga, Lúbia, Cunje e Cuquema.

Maravilhas Naturais de Angola: Rio Kwanza, o maior rio exclusivamente angolano

As barragens de Cambambe e de Capanda produzem grande parte da energia eléctrica consumida em Luanda. As barragens também fornecem água para irrigação de plantações de cana-de-açúcar e outras culturas no vale do Kwanza. É no maior afluente do Kwanza, o rio Lucala, que se encontram as grandes Quedas de Kalandula. Junto da foz do rio fica o Parque Nacional da Quiçama.

Maravilhas Naturais de Angola: Rio Kwanza, o maior rio exclusivamente angolano

É no maior afluente do Cuanza, o rio Lucala, que se encontram as grandes Quedas de Calandula. Junto da foz do rio fica o Parque Nacional da Quissama. O rio dá o seu nome a duas províncias de Angola — Kwanza-Norte, na sua margem norte, e Kwanza-Sul, na margem oposta — bem como, desde 1977 à unidade monetária nacional, o Kwanza.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Maravilhas Naturais de Angola: Rio Kwanza, o maior rio exclusivamente angolano
Publicidade
Publicidade