Publicidade

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Publicidade

O museu da cidade de Foumban, Mbouombouo, é uma das principais atracções dos Camarões e é um importante centro da arte tradicional africana. 

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Do histórico Museu Bamoun Sultanato Camarões, um novo museu foi construído pelo arquitecto Issofou Mbouombouo com a forma do emblema de Bamoun: a cobra de duas cabeças representa a força do povo Bamoun, enquanto que a aranha representa o trabalho duro e a sabedoria, já o gongo de duas cabeças é usado como forma de chamar a atenção das pessoas ao palácio real.

Publicidade

Fundado por volta de 1394 por Nshare Yen, o reino testemunhou uma sucessão de 19 reis. A sua área de fundação foi grandemente ampliada até à década de 1780 pelo Rei Mbuembue, a 11ª Dinastia, que deu início a uma série de conquistas que lhe permitiram alargar os limites do seu reino. Foi este Rei o responsável dos símbolos míticos: a serpente com duas cabeças, os sinos duplos e a aranha que hoje constituem as armas do Reino.

O Rei Njoya, 17ª Dinastia, recebeu os seguintes créditos: invenção da escrita; construção de um sumptuoso palácio, tornando-o num dos museus mais importantes e ricos de África – as instalações que abrigavam o museu eram tão apertadas que apenas um terço dos objectos da rica colecção de 12.500 foram expostos.

O actual Sultão Ibrahim Njoya MBOMBO, 19º desta dinastia, liderado pelo desejo imensurável de salvaguardar esta rica herança deixada por séculos pelos seus antepassados, empreendeu, durante quase dois anos, a construção de um novo museu com regras adaptadas ao antigo e suficientemente espaçoso para acolher todos os objectos da coleção.

O arquitecto nomeado pelo Sultão, filho da terra, em perfeita sintonia com o Sultão, pensou numa arquitectura que combina tradição e modernidade e que por si só é suficiente para ser um museu, ainda que ali não se encontrem exposições. Esta arquitectura é um conjunto composto por emblemas do Reino.

Uma extensa colecção de exposições sobre a história e arte de Bamoun inclui utensílios de cozinha, instrumentos musicais, cachimbos, estátuas, máscaras, gongos e um xilofone ornamentado e esculpido.

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Este é o Mbouombouo, um museu de arte tradicional africana
Publicidade
Publicidade