Publicidade

5 erros que fazem com que corra regularmente e não perca peso

Algumas pessoas correm para participar em competições e melhorar os tempos de prova, outros para libertar o stress e há aquelas pessoas que procuram na corrida a fórmula mágica para perder peso. É normal, afinal, a corrida é uma das melhores atividades cardiovasculares para quem quer emagrecer.

Para o último grupo, ter consciência da distância que percorremos diariamente, do tempo que fazemos e até da quantidade aproximada de calorias que queimamos durante a corrida, é a melhor forma de alcançar objetivos.

Publicidade
5 erros que fazem com que corra regularmente e não perca peso

No fundo, tudo conta e com um bom planeamento não tem como falhar. Quando isso não acontece, é porque algo não está certo. Ou seja, correr todos os dias e ter uma alimentação equilibrada não é suficiente, se não tomar atenção a estes erros básicos:

Atenção ao tipo de treino

A maioria das pessoas que correm na rua, não segue nenhuma plano (programação) de treino específica e acabam por fazer sempre a mesma coisa. O problema é que “o nosso corpo adapta-se com alguma facilidade aos estímulos impostos”, diz Paulo Ah Quin, master trainer do Holmes Place.

Sim, esta pode ser uma razão para não estar a perder peso e, por isso, “devemos variar os treinos seguindo uma lógica de progressão para assegurar um estímulo adequado”.

Solução: experimente variar o percurso, a duração e a intensidade de treino. Faça séries de sprints, pelo menos, duas vezes por semana.

Não se esqueça do treino de força

Não é por correr que deve deixar de fazer um treino de musculação, uma vez que “a corrida contínua de longa duração promove a perda de massa muscular e ela é essencial para perder peso”.

O ideal é fazer um treino de força, pelo menos, duas vezes por semana.

É melhor esquecer as bebidas e barras energéticas

Aquela ideia de que por correr deve consumir bebidas e barras energéticas não é a mais acertada. Afinal, como o nome indica, estes produtos contêm altos valores calóricos.

“Por norma, dependendo da intensidade de treino, devemos consumir entre 15 a 30 gramas de hidratos de carbono por cada hora de treino. Uma bebida energética comercial ronda os 40 gramas por garrafa, o que excede as necessidades por treino (partindo do pressuposto que corre uma hora)”. Para se manter hidratado, a água é a melhor opção.

Nada de tragédias alimentares ao fim de semana

Durante a semana, até pode correr, correr e correr todos os dias e ter uma alimentação super saudável. Mas se ao fim de semana decide cometer uma loucura, é normal que não emagreça. Ou seja, não é a corrida que não está a dar resultados.

Segundo o master trainer, a perda de peso depende do balanço negativo entre as calorias ingeridas e as gastas. E não, não pode contar só com os dias de treino.

Cuidado com o over training

Sente-se sem energia? Constantemente doente, com infeções, constipações e lesões múltiplas? Também não dorme bem? Provavelmente, está em over training. Ou seja, o volume de treino não está a ser devidamente compensado com o descanso adequado. Resultado: também não consegue perder peso.

Fonte: NiT

Texto: Andreia Guerreiro

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

5 erros que fazem com que corra regularmente e não perca peso
Publicidade
Publicidade
Publicidade