Publicidade

O exercício básico que vai fazê-la perder mil calorias (e barriga) numa hora

Quando era criança e saltava à corda, apostamos que nunca pensou no bem que podia estar a fazer à sua saúde. Este exercício é um dos mais poderosos para manter a forma mas também um dos mais ignorados em idade adulta. Mas, há uma informação que vai fazê-lo mudar de ideias: uma hora a saltar permite queimar mil calorias.

Saltar a corda permite acelerar o metabolismo e, assim, aumentar a queima de calorias. É por este motivo que é a nova tendência do fit, até os anjos da Victoria’s Secret incluem este exercício no treino, como mostram na rede social Instagram.

Publicidade
O exercício básico que vai fazê-la perder mil calorias (e barriga) numa hora

A sua popularidade deve-se, sobretudo, ao facto de ser um dos movimentos mais completos do fitness: além da componente cardiovascular, trabalha a coordenação, os braços e as pernas. Bónus: ainda ajuda a tonificar os abdominais.

“Ajuda também a aumentar a resistência e a fortalecer o coração, tonifica o corpo, melhora o equilíbrio, corrige a postura, desenvolve a coordenação neuromuscular e, uma boa notícia para o sexo feminino, ajuda a combater a celulite”, garante o PT Tiago Silva.

O que é certo é que apenas 15 minutos deste movimento equivalem a 30 minutos de corrida. Nesse período consegue queimar cerca de 300 calorias. Portanto, numa hora pode chegar às mil.

Porém, o especialista deixa um aviso: “Não é por ser um exercício simples que não há risco de lesão. É preciso ter em conta algumas dicas.”

Por exemplo, deve garantir que alinha o pescoço, a cabeça e a coluna vertebral. Já a barriga deve estar encolhida (ligeira contração dos abdominais), os ombros baixos, os cotovelos junto do corpo e os antebraços quase a 90 graus em relação aos braços. É importante que se lembre de colocar as mãos à frente da bacia e de fletir ligeiramente os joelhos, assim como saltar sempre sobre a ponta dos dedos dos pés.

Para saber o tamanho ideal da corda, pode usar um truque simples: mete um pé a meio da corda e levanta os punhos para cima ao longo do corpo. Para um iniciante, os punhos devem chegar ao nível do ombro. Caso isso não aconteça, significa que a corda é curta.

Depois, pode incluir este exercício no treino sem medos. Pode começar, por exemplo, por saltar à corda apenas como aquecimento (salta durante 30 segundos e descansa outros 30). Mais à frente, quando já estiver habituado ao acessório e ao ritmo que ele exige, começa a elevar os joelhos (um em cada salto) durante o movimento.

Fonte: NiT

Texto: Andreia Guerreiro

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

O exercício básico que vai fazê-la perder mil calorias (e barriga) numa hora
Publicidade
Publicidade
Publicidade