Publicidade

Nederburg para todas as ocasiões

Publicidade

Não há nada melhor do que saborear um vinho depois do jantar, com aperitivos e uma óptima companhia. E a opção certa para poder desfrutar destes belos momentos, terá apenas com a Nederburg. Não quer o clássico vinho tinto, prefere o mais suave rosé ou o branco… e se for o doce? Fique descansado, na Nederburg encontra as melhores opções. O melhor de tudo é que a marca é nossa, é africana!

A prestigiada marca de vinhos Sul-africana é reconhecida como a vinícola mais condecorada da África do Sul, tendo recebido mais prémios internacionais e nacionais do que qualquer outra vinícola sul-africana. Principal marca de vinhos da companhia Distell, é exportada para os mais importantes mercados do Reino Unido, Europa, América do Norte e América Latina, onde construiu uma reputação de vinhos de estilo clássico com ricos sabores frutados.

Publicidade

Vinho vermelho rubi com aromas de frutas negras, como cassis e cereja, e toques de baunilha. Na boca é seco, encorpado, com boa acidez, taninos finos e final longo. Amadurece por 12 meses em barrica, é Ideal para strogonoff, ensopados de carnes, roastbeef e queijos maduros. Beba quando estiver entre os 12 e os 15°C.

Existem vinhos para as 4 estações do ano, para todas as ocasiões, para acompanhar qualquer tipo de prato e para todos os gostos e bolsos. Tintos, brancos, rosés, espumantes, vinhos fortificados e doces. Sem esquecer que pode encontrar dos mais forte ao mais suave, do jovem ao envelhecido, do muito seco, com quase zero de açúcar até ao muito doce, com mais de 700 gramas de açúcar por litro. Existem vinhos com apenas 2% de álcool e outros com 22%. Existem vinhos feitos com uvas ainda verdes e até alguns feitos com passas, já quase secas. As possibilidades são infinitas.

O vinho tinto da Nederburgue normalmente serve para qualquer ocasião. Os vinhos tintos são óptimos para pratos principais e normalmente são servidos durante a última parte de qualquer ocasião. A natureza plena do corpo faz deles um óptimo complemento para refeições saudáveis. É particularmente bom com aves de capoeira, carne de porco e cordeiro.

Nederburg para todas as ocasiões

Vinhos brancos, sendo mais leves e mais secos do que os vinhos tintos são servidos melhor durante a parte anterior da noite ou antes do prato principal. Os vinhos brancos são perfeitos para começar uma noite com o pé direito e também são maravilhosos para brindes e ocasiões especiais.

Nederburg para todas as ocasiões

O vinho rosé é óptimo para acompanhar com massas leves, saladas, canapés e antepastos (como queijos, frios e frutas), peixes e frutos do mar, pizzas de queijo, vegetais ou carnes brancas.

Nederburg para todas as ocasiões

O Vinho doce da Nederburg, como qualquer outro vinho doce, não deve ser confundido com aquele que chamam de suave. Os vinhos suaves são aqueles que recebem adição de açúcar e são feitos com processos semelhantes aos do vinho tinto comum.

Nederburg para todas as ocasiões

Já os vinhos doces ou licorosos contam apenas com o açúcar próprio da uva e têm o seu sabor adocicado acentuado durante o processo de fermentação por meio de várias técnicas. São servidos comumente como acompanhamento de sobremesas ou até mesmo substituindo-as.

Uma das vinícolas mais premiadas da África do Sul, a Nederburg é responsável pela elaboração de vinhos encantadores, autênticos e cheios de sabor. Descubra tudo sobre ela! A Nederburg conta com uma cultura de inovação e atenção disciplinada aos detalhes. Fundada em 1791 por um visionário imigrante alemão, Phillipus Wolvaart, a bodega faz uso de processos revolucionários na sua produção, que envolve várias personalidades, além do fundador. Inclusive, foi feita uma linha em homenagem a essas personalidades, com diferentes formações, que fizeram parte da história da marca: a Heritage Heroes. A linha Heritage Heroes é elaborada com extremo cuidado e honra algumas das lendas que moldaram a história da vinícola Nederburg.

Nederburg The Brew Master W.O Western Cape 2015, foi o primeiro a ser criado e homenageia o mestre de cervejas e especialista de chás Johann Graue, The Brewmaster, que adquiriu a propriedade depois do fundador Philippus Wolvaart. Graue deixou a Alemanha para investir na Nederburg. Durante esse tempo revolucionou a vinificação na África do Sul com os seus experimentos de clones de uvas ao isolar videiras para um melhor desempenho para reprodução, bem como a introdução de novas técnicas de fermentação. Possui medalha dupla de ouro, em 2017, na Michelangelo International Wine & Spirits Awards.Nederburg The Motorcycle Marvel W.O Western Cape 2015. O segundo homenageia Günter Brötzel, The Motorcycle Marvel, que se tornou mestre da adega da vinícola e fazia o som da sua moto BSA 1954 ecoar pelos vinhedos. The Motorcycle Marvel honra Günter Brozel, lendário mestre de adega em Nederburg, de 1956 a 1989. Desempenhou um papel de liderança na construção da reputação de Nederburg como a vinícola mais premiada do país e na sua moto BSA de 250 cilindradas estava em todos os locais necessários, acompanhando as etapas para alavancar a qualidade dos seus vinhos. Em 1985 ganhou pela Wine & Spirit Competition o prémio de enólogo do ano, além de ter sido considerado pioneiro na criação de vinhos nobres. Possui medalha dupla de ouro, em 2017, na Michelangelo International Wine & Spirits Awards.

Actualmente Nederburg tem como enólogo-chefe hoje o romeno Razvan Macici. Na sua fórmula de sucesso, Nederburg tem uma pesquisa na área vitivinícola permanente, a implementação de técnicas pioneiras de viticultura, uvas de altíssima qualidade, um grande investimento em instalações para elaboração de vinhos e uma rede internacional de distribuição e marketing.

Fundada em Paarl Valley, em 1791, pelo já citado imigrante alemão Philippus Wolvaart, a Nederburg começou com apenas 47 hectares de terra entre os rios Berg e Palmiet. Cerca de dez anos depois, ele concluiu a “Nederburg Manor House”, que se tornaria a mansão ícone da vinícola e do país. Em 1810 vendeu a fazenda à família Retief, que conservou a propriedade por 70 anos. Em seguida a Nederburg passou por diversos proprietários até ser adquirida, em 1937, por Johann Graue, que foi buscar na Alemanha o talentoso enólogo Günter Brözel para comandar a produção. Durante anos, Brözel elevou a reputação da Nederburg a nível mundial.

Quem o sucedeu foi o enólogo romeno Razvan Macici, que recebeu inúmeros prémios ao longo dos anos. Macici aliava a capacidade de criar vinhos exclusivos à habilidade para a elaboração de rótulos acessíveis. A Nederburg é conhecida pela visão vanguardista, sempre valorizando os cuidados no vinhedo e na vinificação para a elaboração de exemplares famosos mundialmente. Desde 2015 quem está à frente da vinícola é a enóloga Andrea Freeborough.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Nederburg para todas as ocasiões
Publicidade
Publicidade