Publicidade

Por quê o nome “Carpaccio” de vitela? Apostamos que essa não sabia

Este aperitivo à base de fatias finas de carne crua é uma das entradas (da cozinha italiana) mais populares do mundo. Actualmente existem várias versões do prato, mas há uma curiosidade a respeito, que muitos desconhecem.

Por quê o nome “Carpaccio” de vitela? Apostamos que essa não sabia

Reza a história que o Carpaccio surgiu na década de 50, por influência da Condessa Amalia Nani Mocenigo  que padecia de uma condição que a deixava com défice de glóbulos vermelhos no sangue.

O chefe de um restaurante que Amalia Mocenigo frequentava idealizou um prato de fatias finas de carne crua, que se popularizou. O seu nome “Carpaccio” foi dado em homenagem a uma pintura do renascimento italiano, do pintor Vittorio Carpaccio, que se destacou pela profundidade do uso da cor vermelha, que lembra a vermelhidão da carne crua.   

Ingredientes:

  • 450g de lombo de vitela
  • pimenta preta em grão
  • queijo gouda
  • sumo de limão
  • sal a gosto
  • azeite

Modo de preparação:

Corte a carne em tiras finas com uma faca afiada, sem moer. Espalhe a carne num prato e tempere com sumo de limão. Deixe marinar durante uns 20 minutos. Divida a carne pelos pratos. Limpe os cogumelos, corte-os em fatias muito finas e coloque o queijo gouda por cima da carne. Tempere com um pouco de sal, azeite e está pronto para ser servido.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Por quê o nome “Carpaccio” de vitela? Apostamos que essa não sabia
Publicidade