Publicidade

Estudo revela por que algumas maçãs têm a polpa vermelha em vez de branca

A ideia de uma maçã vermelha não parece tão incomum, a menos que estejamos a falar sobre a sua cor interna. Embora a maioria das maçãs tenha polpa esbranquiçada (e, esperançosamente, uma crocância satisfatória), corte uma maçã Mountain Rose, ou Redlove e encontrará o interior com um vermelho brilhante. Mas por que algumas maçãs possuem um interior tão colorido? Os pesquisadores acreditam que tudo se resume a uma importante via molecular que controla a pigmentação.

Estudo revela por que algumas maçãs têm a polpa vermelha em vez de branca
Produção de pigmentos

A via em questão controla a produção de antocianinas. Um grupo de pigmentos solúveis em água, as antocianinas também são encontradas uma série de outras frutas e vegetais de cores incomuns, dando-lhes uma tonalidade distinta de vermelho, roxo, ou preto.  No caso das maçãs de polpa vermelha, uma equipa de pesquisadores demonstrou que as antocianinas provavelmente conferem à polpa a sua cor característica, causada pela expressão de um gene chamado MYB10.

O MYB10 é um factor de transcrição na via da antocianina, o que significa que regula a expressão de outros genes que eventualmente resultam na produção de antocianina. 

Cor com propósito

Além de bonito, o alto teor de antocianinas nas maçãs de polpa vermelha tem uma finalidade mais prática. Como escreveram os autores: “Esses compostos são essenciais para a saúde e o desempenho das plantas, mas também são considerados fito-nutrientes, ou marcadores para a saúde alimentar”.

Estudo revela por que algumas maçãs têm a polpa vermelha em vez de branca

As antocianinas são consideradas antioxidantes. No caso da saúde das plantas, os antioxidantes são importantes para proteger as células dos radicais livres. Embora sejam um subproduto normal do metabolismo, são moléculas altamente reactivas e às vezes podem causar danos, quando não são bem reguladas. 

Isso também pode acontecer no corpo humano. Os radicais livres podem danificar as células do corpo, alterando o DNA de uma célula, ou podem alterar a membrana de uma célula. “Essa interacção entre os radicais livres e o corpo é chamada de stress oxidativo, que muitas vezes é considerado o que contribui para o aumento do risco de desenvolvimento de doenças crónicas ”.

Estudo revela por que algumas maçãs têm a polpa vermelha em vez de branca
Estudo revela por que algumas maçãs têm a polpa vermelha em vez de branca

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Estudo revela por que algumas maçãs têm a polpa vermelha em vez de branca
Publicidade