Publicidade

Chás e alimentos termogénicos para acelerar o metabolismo

Publicidade

Óptima sugestão para quem pretende perder a barriga. Os chás e alimentos termogénicos são aqueles que ajudam a acelerar o metabolismo, fazendo com que a perda de peso seja menos demorada.

Os alimentos maravilhosos que aceleram o metabolismo e desintoxicam o organismo, que também podem ser usados para fazermos um chá super saudável são os temperos como a canela e a pimenta e principalmente o próprio chá verde e o café, por serem ricos em substâncias que aceleram o metabolismo, como catequinas e capsaicinas. Quando usados juntamente com uma alimentação saudável e com a prática frequente de actividade física, eles ajudam a aumentar a perda de peso e a melhorar o funcionamento do organismo.

Publicidade

Todo o alimento força o organismo a gastar energia durante a digestão, mas há um grupo que se destaca por elevar este gasto. Os termogénicos, como a pimenta, o gengibre e a canela, geram uma “dificuldade” que faz com que o corpo produza mais calor: eles aceleram o metabolismo basal e aumentam a queima de gordura.

Também é importante lembrar que o ideal é que estes alimentos sejam prescritos por um nutricionista, pois o seu consumo excessivo pode causar problemas como insónia e pressão alta.

Quer perder a sua barriga? Então venha mergulhar nas dicas que a Chocolate Lifestyle preparou para si.

Gengibre

Chás e alimentos termogénicos para acelerar o metabolismo

Por conter os compostos 6-gingerol e 8-gingerol, o gengibre aumenta a produção de calor e de suor, para além de ajudar a emagrecer previne também o aumento de peso. O gengibre é uma das melhores opções que podemos recomendar-lhe. Melhora a digestão e combate os gases intestinais, podendo ser consumido na forma de chá ou adicionado a sucos, vitaminas e saladas.

Canela

Chás e alimentos termogénicos para acelerar o metabolismo

Além de ter acção termogénica, a canela tem acção anti-inflamatória, antioxidante, melhora a digestão e ajuda a controlar a diabetes e o colesterol alto. Esta especiaria pode ser consumida na forma de chá ou pode adicionar-se 1 colher de chá em saladas de frutas, sumos, vitaminas e no leite.

Guaraná

Chás e alimentos termogénicos para acelerar o metabolismo

O guaraná ajuda a aumentar o metabolismo porque contém cafeína, e para influenciar na perda de peso deve ser consumido de preferência com sumos ou chás que também ajudem na redução de peso, como chá de gengibre e sumo verde. A quantidade recomendada é de 1 a 2 colheres de chá de pó de guaraná por dia, devendo evitar o seu consumo durante a noite, pois pode causar insónias.

Vinagre de maçã

Chás e alimentos termogénicos para acelerar o metabolismo

O vinagre de maçã ajuda na perda de peso porque melhora a digestão, aumenta a saciedade, combate a retenção de líquidos e é rico em antioxidantes que melhoram as funções do organismo. Para auxiliar na dieta, devem consumir-se de 1 a 2 colheres de chá de vinagre diluídas num copo de água, por dia, ou utilizá-lo para temperar carnes ou saladas.

Café

Chás e alimentos termogénicos para acelerar o metabolismo

Por ser rico em cafeína, o café acelera o metabolismo e pode ser consumido ao longo do dia, no pequeno almoço ou nos lanches. A quantidade recomendada é de até 5 xícaras de 150 ml por dia, devendo evitar o seu consumo em casos de gastrite, pressão alta ou insónias.

Já que estamos a falar sobre o metabolismo, sabe o que é ao certo? Se por acaso não sabe o que responder, é normal, afinal de contas é impossível saber-se de tudo. No parágrafo a seguir vai poder entender com mais clareza este fenómeno e como pode ser classificado.

O metabolismo corresponde a uma série de processos bioquímicos que acontecem no corpo, que controlam a síntese e a degradação de substâncias no organismo e assim permitem que funções vitais como respiração, regulação da temperatura corporal e geração de energia trabalhem melhor.

O metabolismo pode ser classificado em duas fases:

Anabolismo – corresponde a reacções bioquímicas de síntese, ou seja, permite a produção de moléculas mais complexas, como as proteínas, por exemplo, a partir de moléculas mais simples, como os aminoácidos;

Catabolismo – corresponde a reações bioquímicas de degradação, ou seja, permite a produção de moléculas mais simples a partir de outras mais complexas, como por exemplo água e energia (ATP) a partir da glicose. Para que o organismo se encontre em homeostase, é preciso que o anabolismo e o catabolismo também se encontrem em equilíbrio.

Quando o anabolismo está mais presente do que o catabolismo, há ganho de massa muscular, por exemplo. Quando acontece o contrário, o organismo perde massa. Normalmente essa situação é mais frequente em períodos de jejum.

O metabolismo basal corresponde ao metabolismo da pessoa no período de jejum, ou seja, a quantidade de calorias que o organismo de uma pessoa que se encontra em jejum absoluto consegue consumir em 24 horas sem que aconteçam danos ao mesmo. Normalmente é a partir da avaliação do metabolismo basal, hábitos e objectivos da pessoa que o nutricionista consegue prescrever a dieta mais adequada para cada caso.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Chás e alimentos termogénicos para acelerar o metabolismo
Publicidade
Publicidade