Publicidade

Linhaça: a mais rica fonte vegetal de ómega 3

Publicidade

A linhaça é conhecida como um superalimento. É admirável o poder que essas sementes têm. Colhida da planta que produz o linho, a linhaça é uma importante aliada na luta contra o colesterol alto, doenças cardíacas, sintomas da menopausa e até algumas formas de cancro. Portanto, tenha sempre esse ingrediente na dispensa.

Linhaça: a mais rica fonte vegetal de ómega 3

A linhaça é uma fonte de fitoestrogénios chamados lignanas, que actuam como um estrogénio fraco no organismo. As lignanas bloqueiam os receptores de estrogénio nas células. Ou seja, impedem a absorção do estrogénio mais forte (que pode levar ao cancro). Além disso, pode também contribuir para a redução da incidência de cancros relacionados com hormonas, incluindo o de ovários, da mama e da próstata. Outros benefícios anticancerígenos atribuídos às lignanas são a sua capacidade de reduzir o factor de necrose tumoral, um composto proteico envolvido em processos inflamatórios.

Publicidade

Mas não é só isso. A linhaça é uma fonte abundante de ácido alfalinolénico (ALA), um ácido graxo essencial usado pelo organismo para produzir ácidos graxos ómega-3. Esse ácido deixa o sangue menos viscoso, reduzindo o risco de enfarte do miocárdio e AVC. Essas pequenas sementes também reduzem o colesterol, graças às enormes quantidades de fibras solúveis. Inclusive, uma colher de sopa de linhaça moída salpicada na granola ou no iogurte fornece 2,3 g de fibras. O seu poder anti-inflamatório também pode ajudar a evitar várias condições: de acne a asma.

Linhaça: a mais rica fonte vegetal de ómega 3

Outros benefícios da linhaça

1. É rica em fibra

Cada colher de sopa de linhaça tem 8g de fibra (mais do dobro do que contém um kiwi), com vários benefícios para a saúde:

Regula o trânsito intestinal, prevenindo a obstipação

Tem um efeito saciante, favorecendo a manutenção de um peso adequado

Reduz os níveis de colesterol

Ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue; Entre outros benefícios

2. Favorece um coração saudável

Um dos benefícios da linhaça é a sua riqueza em gorduras ómega-3, cujo papel na redução dos níveis de colesterol e triglicéridos e efeito protetor contra doenças cardiovasculares é reconhecido cientificamente.

3. É uma aliada na menopausa

A linhaça contém lignanos, compostos vegetais que, segundo a ciência, atuam como uma forma fraca de estrogénios. Um estudo publicado na revista da Society for Integrative Oncology defende que a ingestão diária de linhaça ajuda a reduzir a frequência e a intensidade dos afrontamentos característicos da menopausa.

4. Pode reduzir o risco de cancro

Graças ao seu teor de ácidos gordos ómega-3, a linhaça pode travar o desenvolvimento e crescimento de células cancerígenas, protegendo contra vários tipos de cancro.

Linhaça castanha ou dourada?

Linhaça: a mais rica fonte vegetal de ómega 3

Nas prateleiras do supermercado pode encontrar dois tipos de linhaça: a castanha e a dourada. Ambas possuem os mesmos benefícios e valor nutricional e um sabor idêntico.

Inteira ou triturada?

É preferível que as sementes de linhaça sejam trituradas antes de consumidas. Pode comprá-las já trituradas ou moê-las em casa, utilizando um moinho de café. Guarde as sementes de linhaça moídas no frigorífico, dentro de um recipiente fechado, durante um período não superior a 90 dias.

Linhaça: a mais rica fonte vegetal de ómega 3

Como consumir?

Adicione as sementes de linhaça ao iogurte, cereais, sopa ou, se preferir, às saladas. Comece por ingerir até meia colher de sopa de sementes de linhaça trituradas diariamente. Pode ir aumentando gradualmente a dose até uma colher de sopa por dia.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Linhaça: a mais rica fonte vegetal de ómega 3
Publicidade
Publicidade