Publicidade

5 Formas de fazer massagem redutora e os seus benefícios

Publicidade

A massagem redutora apresenta inúmeros benefícios ao nosso corpo: reduz medidas, ajuda o organismo a eliminar as impurezas, relaxa os músculos, melhora a forma física e diminui a retenção de líquidos.

5 Formas de fazer massagem redutora e os seus benefícios

Ela é feita com movimentos de deslizamento profundos a um ritmo médio e acelerado. Normalmente deve focar nas partes do corpo mais específicas como nádegas e abdómen. É indicado que seja feita de uma a duas vezes por semana. Durante o processo é recomendável que use um creme que ajude na redução de medidas — combate a gordura, a celulite e a flacidez — ou um creme hidratante à sua escolha. Os cremes redutores podem ajudar no resultado, mas os dermatologistas dizem que não há estudos científicos de peso que justifiquem o seu uso.

Publicidade
5 Formas de fazer massagem redutora e os seus benefícios

A seguir citaremos as formas mais procuradas e que apresentam melhores benefícios à saúde.

5 Formas de fazer massagem redutora e os seus benefícios

1 – Deslizamentos ou Effleurage

É um movimento básico e faz parte da fase inicial de quase todas as massagens, havendo várias maneiras de fazer deslizamentos. A sua direcção é centrípeta, ou seja, acompanhando os sistemas de retorno venoso e o sistema linfático.

Os movimentos devem acompanhar as fibras musculares, que estão a ser trabalhadas. A pressão dos movimentos vai de leve a aumentada gradativamente. É o primeiro contacto com corpo e activa a circulação.

Os seus efeitos são reflexos e mecânicos: movimenta o sangue para os vasos sanguíneos e linfáticos. Tem como efeitos: nas regiões do abdómen e costas, empurra o conteúdo dos órgãos digestivos; redução da dor (pelo aumento do fluxo sanguíneo); ajuda na remoção dos agentes inflamatórios e restos do metabolismo; ajuda na diminuição dos edemas; liberação de endorfinas; melhorar a motricidade intestinal e a contracção dos músculos involuntários da parede intestinal; redução da sensibilidade das terminações nervosas livres e auxiliar no relaxamento muscular.

2 – Amassamentos

Estimula a drenagem sanguínea na produção rápida da eliminação das toxinas, proporciona maior nutrição celular e combate a flacidez. São manobras simples, que são realizadas em forma de S ou C. Esse procedimento pode ser executado em dois sentidos, devendo atingir a pele.

Esta manobra também auxilia na dissolução de nódulos de gordura e na activação da musculatura superficial. Pode ser feita com ambas as mãos, com dois ou três dedos. Pode ser suave ou profunda. E, lembre-se: de uma maneira rápida e vigorosa!

São realizadas mobilizações superficiais e profundas dos tecidos, com alongamento e redução de aderências ocasionadas por contraturas ou fibroses.

Quando realizada de forma suave e superficial, pode auxiliar na redução de edemas (drenagem linfática), pois aumenta a eficácia dos pré-colectores linfáticos. Pela ação de bombeamento que exerce ajuda no aumento da circulação e ocasiona uma hiperemia, o que causa um aumento no transporte de nutrientes.

Na massagem redutora, são chamados de “beliscões”. Normalmente são realizados com dois ou três dedos, mas podem ser utilizados todos os dedos também, dependendo da agilidade de cada um.

Os movimentos devem ser executados com as extremidades dos dedos polegar, indicador e médio, pinçando uma pequena quantidade de pele com uma e outra mão, alternadamente.

Os efeitos do pinçamento são:

  • Provocam um pequeno aumento na circulação local (hiperemia);
  • Estimulam os terminais nervosos, proporcionando pequenas contrações musculares;
  • Estimulam minúsculas contracções nos músculos voluntários e involuntários;
  • Causam vasodilatação dos capilares superficiais;
  • Mantêm ou melhoram a tonicidade da pele.

3 – Fricção

É uma espécie de deslizamento profundo, executado de maneira vigorosa e rápida, com o objectivo de destruir os nódulos gordurosos e desfazer coágulos. Provoca grande aquecimento da região trabalhada e é recomendado nos casos de obesidade e gorduras localizadas. As manobras pretendem aquecer a região e são feitas com as palmas das mãos.

Consiste, literalmente, em esfregar a região. Enquanto uma mão sobe a outra desce e, assim sucessivamente. Pode ser realizada em todas as regiões do corpo (nas menores, faça com uma mão só). Movimentos leves poderão ajudar na eliminação e redução do edema.

4 – Vibração

É uma técnica que exige prática por parte do terapeuta para conseguir executar as oscilações vibratórias necessárias para causar a vibração. É uma técnica de difícil execução, pois o profissional deverá tremer um ou ambos os braços e passar a sensação de tremor ao paciente.

Benefícios:

  • Ajuda no aumento do fluxo linfático em casos de edemas;
  • É utilizada na fisioterapia respiratória para drenar secreção dos pulmões no caso de afecções do sistema respiratório;
  • Liberta aderências.

5 – Rolamentos

Esses movimentos têm uma função bem evidente no relaxamento muscular e para soltar os tecidos de fibroses, contracturas e aderências cicatriciais. Podem ser realizados com o dorso dos dedos ou com a parte hipotenar da mão.

Este movimento pode ser realizado no abdómen e nas costas, na altura da cintura, de maneira firme e rápida. Com as mãos, uma de cada lado da cintura, fazem-se movimentos para cima e para baixo na região, empurrando o tecido todo na direcção das costas e depois trazendo-o todo em direcção ao umbigo.

Benefícios da Massagem redutora:

A gordura localizada é um problema que afecta todas as mulheres, estejam elas com excesso de peso ou não. E mesmo exercitando e fazendo dieta, ela continua lá, impedindo que aquela roupa nova caia como uma luva. Para ajudar a eliminar esse mal, pode beneficiar da massagem redutora. Velha conhecida de quem se cuida, essa técnica, que funciona como uma verdadeira “minilipo” manual, volta a brilhar porque tem sido recomendada por médicos.

O método tem como finalidade favorecer a quebra das células de gordura, facilitando a eliminação pela corrente sanguínea, que posteriormente será eliminada pelo corpo através da urina ou das fezes. Ajuda também na eliminação de toxinas, impurezas e melhora a oxigenação dos tecidos. Essa técnica de massagem consegue atingir as camadas de tecido com o maior nível de concentração de gordura como por exemplo a barriga, braços, interno de coxa e cintura.

O principal objectivo da massagem redutora é actuar sobre a gordura localizada e melhorar a circulação sanguínea. O especialista nesta técnica executa movimentos específicos para atenuar a celulite e melhorar a elasticidade da pele, proporcionando outros benefícios, como o relaxamento dos músculos e o alívio das tensões causadas pelo estresse do dia-a-dia.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

5 Formas de fazer massagem redutora e os seus benefícios
Publicidade
Publicidade