Publicidade

Saiba dos riscos do excesso de sal na alimentação

Publicidade

Para os químicos, sal é o nome dado a uma série de substâncias resultantes da reacção de um ácido com uma base – encontro que também gera água. Mas na cozinha, o que se conhece simplesmente por sal é uma dessas substâncias: o cloreto de sódio. Trata-se de uma substância sem a qual ninguém consegue viver, tão essencial que já foi usada até como dinheiro na antiguidade.

Saiba dos riscos do excesso de sal na alimentação

Na verdade, os riscos do excesso de sal na alimentação são variados, contudo, devemos controlar o seu consumo.

Publicidade

Ingerir alimentos ricos em sódio, principal componente do sal de cozinha, pode desencadear sérios danos à saúde de uma pessoa. Apesar de ser importante para o nosso organismo, o sódio está ligado a problemas cardiovasculares e renais, principalmente.

Saiba dos riscos do excesso de sal na alimentação

É sabido que o sódio é o responsável pelo controlo do volume dos nossos líquidos corpóreos e pela regulação da pressão arterial, sendo, assim, fundamental para o funcionamento do corpo. O consumo excessivo desse produto, no entanto, pode ocasionar problemas graves, uma vez que afecta o nosso equilíbrio interno.

O consumo excessivo de sal está directamente relacionado com o surgimento de casos de hipertensão. O aumento da pressão ocorre porque quando o sal chega à corrente sanguínea, uma grande alteração no equilíbrio dos líquidos internos acontece. O excesso da substância leva à retenção de água e a uma sobrecarga no coração.

Saiba dos riscos do excesso de sal na alimentação

O aumento da pressão arterial pode desencadear danos graves à saúde, inclusive morte. A hipertensão pode, por exemplo, lesionar vasos, desencadear doença renal crónica e causar enfartes e acidentes vasculares encefálicos, chamados popularmente de derrames.

Além de afectar o sistema cardiovascular, o excesso de sal no organismo pode provocar problemas nos rins, levando ao comprometimento do órgão. A grande quantidade de sal pode provocar dificuldades de eliminação do mesmo e, consequentemente, a sua acumulação no organismo, o que pode resultar em cálculos renais.

Saiba dos riscos do excesso de sal na alimentação

Vale dizer ainda que alguns estudos indicam que o excesso de sal na alimentação pode provocar doenças autoimunes, como é o caso da esclerose múltipla.

Afinal, qual é a quantidade de sal ideal?

A Organização Mundial de Saúde recomenda que a ingestão de sal seja feita com cautela para que o organismo funcione de maneira adequada. Segundo a Organização, para que o organismo funcione bem, é necessário ingerir um valor entre 0,1 e 0,5 gramas por dia. O valor máximo recomendado é de cinco gramas.

Saiba dos riscos do excesso de sal na alimentação

Ingerir cinco gramas de sal é uma tarefa razoavelmente fácil, principalmente com o consumo de produtos industrializados, que acumulam uma grande quantidade dessa substância. Estudos indicam que 77% do sal obtido pelo nosso corpo seja proveniente desse tipo de alimento, sendo assim, seu consumo excessivo pode ser prejudicial.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Saiba dos riscos do excesso de sal na alimentação
Publicidade
Publicidade