Publicidade

Conheça as regras do Judo

Publicidade

Considerado um desporto de combate, o judo ajuda a fortalecer a mente, o físico e o espírito de forma integrada e também contribui para a defesa pessoal.

Conheça as regras do Judo

A arte tem grande aceitação no mundo todo, com federações espalhadas em vários países, além de contar com mais de 20 milhões de praticantes.

Publicidade

Conheça abaixo a história e regras do desporto que conquista pessoas de várias idades, géneros e indivíduos com necessidades especiais.

História do Judo

O Judo nasceu em 1882 e é uma criação do professor de educação física Jigoro Kano. Este era um grande admirador de desportos e sempre buscou encontrar explicações científicas para as técnicas do jiu-jitsu. Com ajuda dos japoneses Hachinosuke Fukuda e Tsunetochi Iikubo, Kano começou a estudar e aprender tal luta.

Em 1882, abriu a escola Kodokan. Localizada em Tóquio, a academia tentava ensinar a arte marcial baseada no jiu-jitsu, mas sem a grande tendência para o combate. Criou normas para deixar o aprendizado mais fácil, estabeleceu regras para o confronto e tentou mostrar que o Judo poderia ajudar na defesa pessoal e na superação de limitações.

Conheça as regras do Judo

As propostas lançadas por Kano foram muito criticadas, mas ele continuou até a luta se tornar conhecida. Kano foi o primeiro membro asiático do Comité Olímpico Internacional e participou activamente em diversos jogos. No entanto, ele não gostava da ideia do Judo como uma das modalidades Olímpicas e por isso nunca lutou para que a arte participasse dos Jogos.

O desporto começou a tornar-se conhecido em 1886, quando foi realizada a primeira competição no Japão com a participação de diversas escolas. Em 1899, a actividade chegou a Inglaterra e a partir de 1905, aos Estados Unidos e Europa. Em 1952 foi fundada em Paris a Federação Internacional de Judo, com a presença de 29 países-membros. Somente em 1964 passou a ser considerado um desporto Olímpico, nos jogos de Tóquio.

Lutadores de Judo em competição

O Judo chegou ao Brasil entre 1920 e 1930. (Imagem: Wikipedia)

Vestimentas utilizadas

Judogi é o nome do equipamento típico. Ela pode ser de cor azul ou branca e é dividida em quatro partes:

• Obi: faixa que fica na cintura;

• Shitabaki: calças ou a parte de baixo;

• Uwagi: é a parte de cima, o casaco;

• Zori: é a sandália que para alguns adeptos não faz realmente parte do desporto, mas é uma parte importante e impede que os lutadores fiquem com os pés sujos.

Principais regras

Conheça as regras do Judo

As competições de são realizadas num tatame quadrado que pode ter de 14 até 16 metros quadrados. As lutas devem durar no máximo cinco minutos e quem conseguir fazer o ippon primeiro é quem vence a luta. Se no final da luta nenhum judoca realizar o ippon, então vencerá aquele que tiver mais vantagens.

Os principais actos realizados numa luta são:

• Ippon: é o principal objectivo do Judo e o responsável pela finalização da luta e vitória do judoca. O lutador deve colocar o rival com velocidade e força virado de costas para o chão. Para isso deve aplicar uma chave de braço no adversário, imobilizá-lo e estrangulá-lo por 20 segundos;

• Wazari: é parecido com o ippon, mas no wazari o rival é colocado de costas no chão sem a aplicação de força e velocidade, ou apenas é imobilizado d 15 até 19 segundos;

• Yuko: o adversário deve cair de lateral no solo ou imobilizado em um tempo de 10 até 14 segundos;

• Koka: a menor pontuação e ocorre quando os lutadores caem sentados. As kokas são importantes para o acúmulo de pontos, mas não finalizam a luta.

Penalizações

Como em todos os esportes, o judô também possui suas regras de penalizações. Neste caso, os golpes que deixam lesões no pescoço ou vértebras são proibidos. O lotador que pratica tal ato é penalizado e se cometer o erro pela segunda vez é imediatamente desclassificado. As penalidades são:

• Shido: é uma penalidade leve, um tipo de aviso. O segundo shido equivale a uma pontuação Yuko para o adversário e o terceiro é um Wazari para o rival;

• Hansoku-Make: é dado quando é cometida violação séria das regras. o competidos penalizado é desqualificado. O Hansoku-Make também pode ser dado com acumulação de quatro shido.

Graduações

Os judocas são classificados em duas graduações kiu (principiantes) e dan (mestres). As graduações são feitas conforme as cores das faixas nas vestimentas. Para ser promovido é necessário passar por exames organizados por requisitos de idade e tempo de treino.

A graduação kiu possui 10 faixas:

1° Branca;

2° Cinza;

3° Azul;

4º Amarela;

5º Laranja;

6° Verde;

7° Roxa;

8° Marrom;

9° Preta;

10° Branca/Vermelha.

As graduações Dan são:

1º Dan: Shoudan ou Ichidan, faixa preta;

2º Dan: Nidan, faixa preta;

3º Dan: Sandan, faixa preta;

4º Dan: Yondan ou Shidan, faixa preta;

5º Dan: Godan, faixa preta;

6º Dan: Rokudan, faixa vermelha e branca;

7º Dan: Nanadan ou Shichidan, faixa vermelha e branca;

8º Dan: Hachidan, faixa vermelha e branca;

9º Dan: Kyuudan ou Kudan, faixa vermelha; 10º Dan: Juudan, faixa vermelha.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Conheça as regras do Judo
Publicidade
Publicidade