Publicidade

Nutrição: a diferença entre a necessidade de comer e de alimentar-se

Publicidade

Existe uma grande diferença entre comer e alimentar-se, que é necessário conhecer-se.

Nutrição: a diferença entre a necessidade de comer e de alimentar-se

Comer é o acto de abastecimento do corpo, no qual recebe diferentes tipos de nutrientes de energia para viver.

Publicidade

Alimentar-se é o processo pelo qual os organismos obtêm e assimilam alimentos ou nutrientes para as suas funções vitais, incluindo o crescimento, movimento, reprodução e manutenção da temperatura do corpo, trazendo a nutrição.

Daí a necessidade de conhecer e saber diferenciar cada um destes processos.

Para quem acha que o nosso corpo aproveita tudo o que ingerimos diariamente, engana-se.

Grande parte das pessoas apenas “matam a fome do estômago” e não das células, por isso apenas comem e não se nutrem correctamente:

O nosso corpo não é formado por calorias, mas sim por células que são formadas exclusivamente por nutrientes.

Já ouviu falar dos famosos desejos da gravidez?

Pois então, estes são muitas das vezes nutrientes que o corpo busca durante a gestação. Um corpo normal trabalha do mesmo modo, só que de uma forma bem mais discreta do que na gravidez. Por isso, quando sentir a necessidade de comer uma fruta, coma, porque pode bem ser o nutriente de que o seu corpo precisa.

Se não fornecermos os nutrientes de que ele precisa para funcionar, o nosso corpo pára a sua função e deixa de receber tais nutrientes (seja o metabolismo, a imunidade, a pele, cabelo, unhas, hormonas…). Então precisamos de garantir que todos os alimentos que contêm esses nutrientes sejam consumidos, digeridos, absorvidos e aproveitados de maneira correcta.

Distinção entre comer e alimentar-se

O primeiro passo para a distinção destes dois termos passa pelo posicionamento do significado real de cada palavra. Assim, podemos definir que “comer” está orientado para a necessidade fisiológica de saciar a sua fome através do acto de ingerir comida para não ter fome. Já o termo “alimentar-se” refere-se à necessidade de nutrir o corpo de determinado modo para não ter insuficiência nutricional. Logo, “comer” está directamente focado em matar a sua fome e “alimentar-se” em cuidar do seu corpo. Mas sabemos que comemos mais do que alimentamos o nosso corpo.

É possível distinguir estes termos também a partir da nossa atitude individual. Quando comemos, a nossa tendência é sempre a de comer bem, e se estiver em grupo, cometer alguns excessos. Ou seja, comer junto de outras pessoas pode levar-nos a ter maior apetite. No entanto, alimentar-se é algo mais restrito e pessoal.

Passe a alimentar-se de acordo com as suas necessidades nutricionais e a definir as quantidades a consumir.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Nutrição: a diferença entre a necessidade de comer e de alimentar-se
Publicidade
Publicidade