Publicidade

Comece bem o novo ano organizando o seu interior

Publicidade

Toda mudança para garantir sucesso em um recomeço, deve partir de dentro. Pequenas retrospectivas devem ser feitas para o reconhecimento de falhas e só assim iniciar o processo de mudanças que levarão ao sucesso.

Comece bem o novo ano organizando o seu interior

Quando se inicia um novo ano, com ele surgem diversas perspectivas ou expectativas, e com certeza que são sempre as melhores! Final de ano costuma ser aquele momento de nostalgia. De olhar para trás e pensar em tudo o que fizemos ou deixamos de fazer. De aproveitar o começo de mais um ciclo para fazer uma retrospectiva do que acabou e do que irá começar. De lembrar de tudo o que passou… E, geralmente, para a reflexão por aí.

Publicidade

Sendo assim, é necessário ter em nossa mente que tais mudanças e recomeços nos são dadas todos os dias. São agora 364 para trazer para perto de si todas ideias e planos que algum dia projectou, mas não teve a oportunidade de executar.

Deixamos algumas dicas para fazer a sua retrospectiva do ano findo e poder melhorar

As retrospectivas têm dois objectivos. “Reconhecer aquilo que tem dado certo, porque é importante identificar os pontos fortes e falar sobre o que tem funcionado, e identificar os pontos que não têm funcionado muito bem e criar um plano de acção para eles”.

1- Prepare-se;

Esteja presente

Escreva em post its, como se tem sentido, o seu amor e outros sentimentos que expressam como eles estão no momento.

Essa dinâmica também é importante para quem faz uma retrospectiva pessoal.

Comece por reconhecer que fez o melhor que podia

Existem duas regras básicas para qualquer retrospectiva, explica:

Reconhecer que todo mundo fez o melhor que podia, com as informações que tinha;

Focar no que está no  seu campo de acção e agir.

Parecem regras simples, mas elas são essenciais para uma retrospectiva efetiva.

A primeira diz respeito a não julgar e não culpar o outro ou, no caso de uma retrospectiva pessoal, a si mesmo. Afinal, é comum as pessoas serem mais duras consigo mesmas, o que acaba gerando um sentimento de culpa desnecessário.

Neste momento de retrospectiva, é importante cultivar um senso de abertura e compaixão. É isso que dará espaço para que assuntos difíceis sejam abordados.

“É comum as pessoas serem mais empáticas e compassivas com o outro e cobrarem mais de si mesmas”.

 “Uma forma de lidar com isso é olhar para o eu do passado como se fosse outra pessoa, e criar um certo distanciamento”.

Já a segunda regra se refere a ter atenção apenas nas questões sobre as quais se podia fazer algo a respeito e não em fatores externos independentes.

Isso significa que, ao fazer uma retrospectiva pessoal, é importante focar no que estava dentro de sua esfera de atuação. Poderia fazer algo para mudar certa situação? Se sim, inclua ela na sua retrospectiva. Se não, respire fundo e deixe estar. 

Seja responsável

Numa retrospectiva, pode se encontrar-se em um de seis estados de responsabilidade:

1.     Responsabilidade: responder pelas próprias ações;

2.     Obrigação: delega a responsabilidade para o outro;

3.     Sentir culpa: acredita que prejudicou alguém;

4.     Justificar: defender as próprias ações;

5.     Culpar: acredita que foi prejudicado por alguém;

6.     Negação: nega que exista um problema.

De acordo com especialistas, o melhor estado é o de responsabilidade: “Quando uma pessoa se coloca nesse lugar, ela pode tomar uma acção”. “Em todos os outros estados, ela se coloca como vítima da situação e não tem muito para onde ir.”

Numa retrospectiva pessoal, assumir responsabilidade é essencial para conseguir olhar para os fatos, entender o que poderia ter sido feito diferente e encontrar uma forma de agir sobre esse assunto.

2- Liste o que foi bom e que deve continuar e o que precisa melhorar;

Com as regras estabelecidas, o próximo passo é analisar o ano que passou a partir de três perguntas:

1.     O que foi bom e devo continuar a fazer?

2.     O que eu devo começar a fazer?

3.     O que devo parar de fazer?

Comece pela primeira pergunta e se dê um tempo para pensar e responder. Uma boa sugestão é colocar 10 minutos para cada uma.

Escreva uma afirmação por post it. Por exemplo: “recebi uma promoção no trabalho” em um, “comecei um projecto pessoal” em outro.

Depois de escrever tudo relacionado a determinada pergunta, agrupe os post its por assuntos: trabalho, projecto pessoal, saúde, finanças, família ou o que mais aparecer.

Essa é uma forma de visualizar as respostas com mais facilidade e entender que assunto apareceu mais um sinal de que, talvez, seja importante dar mais atenção a essa área.

Neste momento, é essencial celebrar tudo o que foi feito de bom – e olhar para o que deve melhorar como uma oportunidade de evolução.

3- Monte um plano de acção objectivo.

Depois de listar tudo o que aconteceu, fica mais fácil montar um plano de acção para cada área escolhida como prioridade.

Mas não é preciso esperar o ano acabar para fazer uma nova retro!

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Comece bem o novo ano organizando o seu interior
Publicidade
Publicidade