Publicidade

Usar óculos para quê? O optometrista José Geraldes explica as razões

Publicidade
Usar óculos para quê? O optometrista José Geraldes explica as razões

“Em geral, os óculos têm o propósito de aumentar o conforto ocular, reduzir o stress/cansaço ocular e melhorar a visão.

Comummente, o uso de óculos é associado à compensação de algum defeito refractivo, também chamados de ametropias, que são:

Publicidade

MIOPIA – dificuldade de ver e distinguir mínimos detalhes à distância;

HIPERMETROPIA – fraca capacidade de ver com nitidez pormenores que estejam mais perto, como por exemplo, fazer leituras;

ASTIGMATISMO – é uma ligeira deformação do olho que distorce e altera a percepção das imagens, quer seja de longe ou perto;

PREBIOPIA – é a chamada “visão cansada”. É uma condição natural do olho, associada ao seu envelhecimento, uma perda gradual da capacidade de ver, sobretudo ao perto.

A presença de um destes defeitos refractivos (ou ametropias) num indivíduo representa imediatamente falta de clareza e nitidez na sua visão e está intrinsecamente associada à existência de uma graduação. As ametropias são as principais razões para o uso de óculos, mas não as únicas.

As outras razões que podem levar os indivíduos à utilização de óculos não estão associadas à falta de “boa visão”, ou à fraca capacidade de ver com clareza as imagens à sua volta, mas estão associadas a outros factores que causam desconforto nos olhos e podem provocar patologias oculares e até mesmo, com o passar do tempo, o surgimento de algum defeito refractivo. Algumas destas razões podem ser:

Exposição excessiva à luz solar – requer uma protecção específica contra os raios ultravioleta (UV), que proporcione conforto e mantenha o olho seguro. Neste caso, o uso dos óculos de sol é uma boa ajuda, desde que garantam a protecção dos UV a 100%. Este cuidado impede o desenvolvimento de patologias oculares como queimaduras nas estruturas oculares, envelhecimento precoce do olho, pterígios, cataratas e outras que podem causar danos irreversíveis aos olhos.

Excesso de trabalho ao perto – é considerada a maior causa de cansaço visual nos tempos modernos, porque actualmente, o dia-a-dia profissional é caracterizado por cada vez mais actividades ao perto, como os trabalhos de escritório e outros, que envolvem muitas tarefas de perto (menos de 80 cm de distância). O olho humano não foi concebido para olhar ao perto, a sua posição natural e relaxada é olhar ao longe (mais de 6 m), sempre que vemos as imagens ou os objectos que estão muito próximos, os olhos estão sob esforço. Este esforço, repetido várias vezes ao dia, vários dias por semana, resulta num extremo cansaço visual, que se traduz em dores de cabeça, olhos vermelhos, lacrimejo e outros sinais de desconforto ocular que podem ser evitados com o uso de óculos.

Dica: mesmo usando óculos durante a execução de tarefas de perto, é necessário que o indivíduo relaxe o sistema visual, olhando para longe pelo menos 2 min/hora. Assim, sente-se menos cansado, ao fim do dia terá maior rendimento visual e menor probabilidade de desenvolver distúrbios visuais (ametropias).

Nestes tempos modernos, associados ao trabalho de perto estão os dispositivos electrónicos/digitais que têm luz própria.

A luz artificial, nomeadamente a luz azul, é tóxica aos olhos humanos. Logo, para os indivíduos que trabalham frequentemente com estes dispositivos (digitais), é recomendado usar uns óculos com um filtro especial, que protege da luz agressiva produzida por esses aparelhos.

Portanto, sempre que estamos acordados, os olhos são responsáveis pela captação da maior parte da informação que é levada ao cérebro. Os olhos não têm descanso! E quando os olhos estão cansados, afecta toda a acção do indivíduo e consequentemente a sua produtividade.

Daí a necessidade de usar óculos, mesmo quando achamos que temos uma “boa visão”. Existem casos em que o uso de óculos está mais relacionado com a protecção necessária, de acordo com as actividades diárias do indivíduo, do que a visão desfocada.

O uso de óculos permite aos olhos estarem mais relaxados, mais protegidos, mais confortáveis, cansarem-se menos e verem melhor.”

Por: José Geraldes – Especialista em Optometria e Director Técnico do Centroóptico.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Usar óculos para quê? O optometrista José Geraldes explica as razões
Publicidade
Publicidade