Publicidade

Argentina adia reabertura de fronteiras para Novembro

Publicidade

Após o Ministro dos Transportes da Argentina, Mário Meoni,  anunciar em videoconferência que os voos comerciais para o país continuavam proibidos e que as fronteiras estariam abertas este mês, o governo adiou de Setembro para Novembro a reabertura dos voos.

De acordo com Clarín,  as agências de transportes aéreos só foram autorizadas a vender passagens desde 1 de Setembro, e as Aerolíneas Argentinas anunciaram que as vendas de passagens para este mês foram mínimas devido à situação caótica mundial. 

Publicidade
Argentina adia reabertura de fronteiras para Novembro

Para combater a pandemia, a Argentina havia proibido voos comerciais, tanto domésticos quanto internacionais, de pousarem em qualquer aeroporto do país de 26 de Abril até 31 de Agosto. Com várias prorrogações da quarentena domiciliar, o isolamento esteve vigente na Argentina desde 20 de Março. Porém, o Presidente Alberto Fernández decidiu pela liberação de saídas recreativas de uma hora, mas que dependeriam da autorização de governadores e administradores.

Argentina adia reabertura de fronteiras para Novembro

Nas famosas e maiores cidades como Buenos Aires, Santa Fé e Córdoba, os administradores não aderiram à liberação e as pessoas ficaram proibidas de sair de casa, excepto para o supermercado e farmácias.

Segundo a Viagem & Turismo e a imprensa internacional, dependentemente da pandemia, tudo indica que o 11º mês do ano está reservado para a reabertura das fronteiras deste país da América do Sul.

Argentina adia reabertura de fronteiras para Novembro

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Argentina adia reabertura de fronteiras para Novembro
Publicidade
Publicidade