Publicidade

Maria Borges: “Estou no mercado da moda há mais de 10 anos e acho que não há união”

Publicidade

A modelo Maria Borges é sem dúvidas um dos nomes mais sonantes da moda Angolana nos últimos dez anos.

Maria Borges: “Estou no mercado da moda há mais de 10 anos e acho que não há união”

É também a única Angolana a participar na Semana da Alta-costura de Paris e em todas as semanas oficiais do Circuito Internacional de Moda: Paris, Milão, Londres e Nova Iorque.

Publicidade

Maria Borges critica a falta de união entre os fazedores de moda e a modelo deu uma grande entrevista recentemente à Angop, para falar do seu percurso e da sua visão do país.

Durante a conversa, Maria, uma das seis modelos negras seleccionadas para o último desfile da prestigiada marca Dior, comentou sobre o estado da moda em Angola, falou das suas conquistas e dos novos desafios da carreira, particularmente dos projectos enquanto embaixadora do turismo Angolano.

“Estou no mercado da moda há mais de 10 anos e acho que não há união. Existem pessoas com boas iniciativas para fazerem melhor, mas existe pouco apoio”, revelou a modelo.

Ainda segundo a modelo, Angola tem talentos com potencial para se imporem na moda, todavia considera haver poucos apoios aos profissionais do sector, além da falta de união entre os fazedores de moda, situações que espera ver ultrapassadas.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Maria Borges: “Estou no mercado da moda há mais de 10 anos e acho que não há união”
Publicidade
Publicidade