Publicidade

Xadrez: a diversão; a arte; e a ciência num tabuleiro

Publicidade

O xadrez é uma forma inteligente de se divertir. Este jogo, existente há muitos anos, tem sido um meio para descobrir o lado intelectual das pessoas, primordialmente das crianças.

Xadrez: a diversão; a arte; e a ciência num tabuleiro

O facto de algumas pessoas acharem que o jogo de Xadrez é um jogo chato, antigo e com pouca acção deve-se ao total desconhecimento do mesmo e do exercício de raciocínio estratégico e planeamento que ele proporciona.

Publicidade

O Xadrez, desde a sua invenção, tem vindo a ser o passatempo preferido de pessoas famosas. Reis, cientistas, artistas, grandes homens e mulheres de negócios praticam este desporto, tendo estado (e estando ainda) presente na vida das maiores celebridades da história humana, por isso é associado a pessoas de sucesso.

Eis o nome de alguns praticantes por todo o mundo: William Shakespeare, Madonna e Guy Ritchie, Napoleão Bonaparte (imperador Francês), Muammar Gaddafi, Kobe Bryant e Mike Powell.

O empresário Angolano Hadjalmar El Vaim é um praticante nos tempos livres, na companhia da sua irmã mais nova. “Amo xadrez”, disse em entrevista.

Confira as vantagens do xadrez:

  • Une as pessoas;
  • Ensina a saber vencer e perder;
  • Exercita o cérebro;
  • Melhora a concentração;
  • Desenvolve a criatividade;
  • Promove confiança;
  • Melhora a ansiedade, ajudando a permanecer calmo;
  • Desenvolve capacidades de resolução de problemas.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Xadrez: a diversão; a arte; e a ciência num tabuleiro
Publicidade
Publicidade