Publicidade

Elon Musk afirma que a taxa de natalidade em colapso é o maior perigo que a civilização enfrenta

Publicidade

O mundo alcançou (hoje, 15 de Novembro) oito mil milhões de habitantes, número resultante do crescimento da população e do aumento da esperança média de vida – segundo estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU).

Elon Musk afirma que a taxa de natalidade em colapso é o maior perigo que a civilização enfrenta

Elon Musk, preocupado com o aumento instantâneo da população mundial na sua rede social Twitter, considerou a taxa de natalidade um perigo para as civilizações.

Publicidade

“A taxa de natalidade em colapso é, de longe, o maior perigo que a civilização enfrenta”, referiu, em declaração oficial. A chefe do Fundo de População das Nações Unidas, Natalia Kanem, afirma que “oito mil milhões de pessoas é um marco importante para a humanidade” e manifesta felicidade com o aumento da esperança de vida e a diminuição do número de mortes maternas e infantis.

De acordo com cálculos da ONU, vai demorar pelo menos 15 anos para o mundo somar os próximos mil milhões de habitantes. E prevê que o mundo terá cerca de 9,7 mil milhões de pessoas até 2050, o que chegará a 10,4 mil milhões durante a década de 2080.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Elon Musk afirma que a taxa de natalidade em colapso é o maior perigo que a civilização enfrenta
Publicidade
Publicidade