Publicidade

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”

Publicidade

É dia de trabalho de campo. O relógio marca 9h e poucos minutos, seguimos para a Orquestra Camunga. Um momento! Não sem antes ligarmos e colocarmos as coordenadas no GPS: Morro da Luz, Corimba, Luanda. Vamos conhecer o projecto lançado em Junho de 2022 pelo Banco BIC e os seus parceiros, denominado “Crescer juntos”.

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”

A coordenadora Ágata Russell e a sua equipa deram-nos as boas-vindas na entrada – até então, tudo normal. O que não imaginávamos era que “normal” não consta no vocabulário do “Crescer juntos” – projecto social que visa descobrir os heróis anónimos em todo o país, aqueles que com fé acreditam na esperança de dias melhores.

Publicidade

Recordações para a vida

Desde o seu lançamento em Junho de 2022, o “Crescer Juntos” começou com apenas 3 projectos pilotos. Porém, a nossa anfitriã Ágata Russell fez questão de tranquilizar a todos heróis anónimos, de Cabinda ao Cunene, declarando que “ninguém vai ficar de lado, toda a ideia vai ser ouvida. E ser for muito boa, por que não investir nela?”

Um exemplo perfeito é o da Orquestra Camunga. E sobre este projecto maravilhoso que tivemos o privilégio de conhecer, somos “suspeitos” ao contar na primeira pessoa, por isso, deixemos essa tarefa para o próprio Camunga.

O Camunga um antes mencionados jovens heróis anónimos descobertos pelo projecto “Crescer juntos”.

“A Orquestra Camunga vai completar 12 anos. Foi criado com o objectivo de resgatar crianças, adolescentes e jovens do mundo da delinquência e das drogas. Ensina estes jovens a aprender a música e não só, também a dança, artes plásticas, literatura e teatro”.

A audácia de Camunga relembra-nos que é necessário que renasça a confiança no futuro! “Quando pequeno, o meu pai ofereceu-me um piano. Sempre que voltava de viagem oferecia-me cassetes de grandes orquestras internacionais. Daí, fui me inspirando e passei a ter o sonho de ter a minha própria Orquestra. Lutei durante um bom tempo, em 2009 e 2010 tentei criar, mas não houve sucesso”.

À terceira, foi de vez, mas ele sonhava em dar um futuro para os seus

Depois de tantas batalhas perdidas, finalmente “em 2011 consegui criar a minha Orquestra”.

Os planos normalmente não mudam realidades, são apenas parte da visão do futuro. São as atitudes que tomamos para tornar esses planos reais e consequentemente um futuro brilhante.

Camunga não só teve um plano, como também atitude e sentimentos nobres de tornar brilhante o futuro das pessoas na sua comunidade. Assim como nós, talvez se questione o porquê de alguém decidir criar tamanho projecto para ajudar as pessoas totalmente de graça, sem esperar receber nada em troca.

“Quando pensamos nas mais de 800 crianças, jovens e adolescentes que o projecto acolhe, ao observar os seus semblantes carregados de alegria, gratidão e esperança é um sentimento profundo que toca até o nosso âmago. 

Há como ficar indiferente? Definitivamente não conseguimos, ou melhor, ninguém consegue não se emocionar”.    

É necessário que renasça a confiança no futuro!

A verdade é que histórias como a do Camunga lembram-nos as palavras de Ágata Russell:

“O projecto ‘Crescer juntos’ é uma responsabilidade social de todos. Se nós conseguirmos continuar a atrair a sociedade, em particular as empresas, para inspirar e crescermos todos juntos, vamos produzir o nosso país.

No âmbito da sua responsabilidade social, o Banco BIC sentiu a necessidade de criar um projecto de responsabilidade social que fosse mais sustentável”. 

Juntos podemos “Crescer juntos”!

O Crescer Juntos propõe a autossuficiência das organizações sociais apoiadas para o seu autodesenvolvimento e deste modo fomentar a inclusão social nas comunidades. Portanto, além de apoio financeiro, estas ONGs receberão não só recursos financeiros, mas também formação e mentoria de forma a melhorarem a sua gestão, a contabilidade, o planeamento estratégico e as prestações de contas.

A própria equipa do projecto “Crescer Juntos” dá uma pequena mentoria para a pessoa saber o que fazer quando receber o investimento. Vai ter de ter a contabilidade em dia, como confirma Ágata:  “Sim, o treino e a ajuda toda vai ser dada, assim como os outros que já receberam esta ajuda.

O projeto Crescer Juntos, no fundo, abriu candidaturas a nível nacional para descobrir todos os heróis anónimos que existem no nosso país. Começou como piloto com 3 ONGs: o JOBAB, Orquestra Sinfónica Moura e o Centro Boa Nova Viena”.

A futuro está nas nossas mãos

Um dia, todos nós vamos morrer, mas antes que esse dia chegue, Ágata Russell tem uma mensagem para si:

“O investimento social foi algo que nós deixámos. Geralmente, quando pensamos em investimentos, pensamos em guardar dinheiro no banco a pensar no futuro. Mas quando nós temos um investimento social, estamos a investir na sociedade. É algo do qual nós, os nossos filhos, os nossos netos, terão como retorno. É um projecto lindíssimo, depois de um ano de projecto de candidatura, estamos ansiosos para começar as novas experiências e culturas, porque acreditamos”.

A Chocolate também acredita,  Ágata Russell. E você, acredita?

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Um projecto social; vários parceiros; muitos heróis; uma única causa: “crescer juntos”
Publicidade
Publicidade