Publicidade

Grande entrevista com Alexa Tomás: Uma trajectória de sucesso entre o emprrendedorismo, a moda e a política

Alexa Tomás, a mulher que nasceu na capital do planalto central – Huambo, tem se destacado por feitos extraordinários que transcendem as fronteiras do comum. Actualmente, desempenha papéis multifacetados, sendo empresária, empreendedora, promotora de eventos culturais e sociais, Vice-Presidente da Câmara do Comércio para Área Internacional e, recentemente, assumiu o desafio político como Assessora do Vice-Governador para Área Política e Social.

Grande entrevista com Alexa Tomás:   Uma trajectória de sucesso entre o emprrendedorismo, a moda e a política

Com uma formação sólida, Alexa em entrevista exclusiva a Chocolate Lifestyle, contou o seu percurso profissional, sustentado pelos conhecimentos adquiridos na licenciatura em Psicologia da Educação pelo ISCED – Huambo, pela diplomacia em economia e gestão pelo Speciss College Harare, no Zimbabué, e nas pós-graduações em Liderança e Gestão de Negócios pela UNISA University, na África do Sul, e em Empreendedorismo e Inovação pela Nevada University, nos Estados Unidos.

CH – Formada em Psicologia, mas apaixonada pelo empreendedorismo, moda e política, conte-nos como surgiu o gosto por cada uma destas áreas?
AL: O gosto pela psicologia da educação foi por falta de opção porque na altura, quando regressei ao Huambo, não havia o curso superior que queria muito fazer, Comunicação e Marketing. Já a paixão pela moda penso que surgiu desde pequena, porque lembro-me que alterava as minhas roupas enquanto criança mas ficou evidenciado no Zimbabué nas aulas de Arte em ‘Batik’ onde aproveitava os intervalos para fazer alguns designs de vestidos e aos poucos montei um atelier no meu quarto e passei a transformar os designs em produtos acabados.
Quanto à política fui quase empurrada para esta área por conta da minha dinâmica, visibilidade, capacidade de congregar pessoas e dos projectos sociais que têm impactado algumas comunidades no Huambo.

CH– Já foi modelo e estilista, actualmente é Vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria do Huambo para área internacional. Como chegou até esse cargo?
AL: Fui para esta área pela facilidade de intercâmbio comerciais e culturais que tenho, bem como o domínio da classe empresarial e a forma como defendia os interesses da mesma.
CH– É uma mulher dentro da política e economia mas com muito senso de estilo. Se não fosse o facto de ser modelo e estilista, acha que continuaria com esse estilo todo?
AL: Penso que sim, pois muito antes de me tornar estilista fui sempre muito vaidosa, criativa e cuidadosa com o vestuário.

CH– Teve alguma influência quando entrou no ramo da política? Tem gostado da sua actuação ou acha que precisa melhorar em algum aspecto?
AL: Nunca foi uma aspiração minha entrar para política. Sempre gostei muito mais do lado social e do económico das coisas, mas, de qualquer maneira, fui influenciada pela minha mãe que sempre puxou por mim para entrar nesta área e quase sempre a acompanhei nas suas actuações políticas e sempre admirei o seu dinamismo e entrega de forma abnegada. Tem sido uma experiência fantástica e bastante desafiadora, tenho aprendido muito e está a ser muito interessante. Portanto, tenho que melhorar ainda nalguns aspectos principalmente na interação com as comunidades nas zonas recônditas, preciso de aprimorar e aprender melhor o nosso umbundu.

Grande entrevista com Alexa Tomás:   Uma trajectória de sucesso entre o emprrendedorismo, a moda e a política

CH– Quais são as suas referências angolanas na área da política e da moda?
AL: Na área política as minhas referências são: a minha mãe, Ex-deputada da Assembleia Nacional e a actual governadora do Huambo. Tenho o máximo respeito por essas duas grandes senhoras Maria do Rosário Amadeu e Lotti Nolika. Quanto à parte política e económica, pode parecer bajulação para alguns pois desconhecem os antecedentes, sempre o admirei e vi um enorme potencial, o Vice-governador para Área Política, Económica e Social que é uma grande referência para mim e um quadro muito promissor para a estrutura governativa deste país, jovem culto, visionário, profissional de alto padrão, altamente competente, estrategista e com um sentido humanista muito forte. Na moda é sem sombra de dúvidas o Hadjalmar El Vaim, pois forma e transforma muitas vidas através da moda e da sua rica e peculiar personalidade.

Grande entrevista com Alexa Tomás:   Uma trajectória de sucesso entre o emprrendedorismo, a moda e a política

CH– Quantas colecções tem e o que a inspira a criar?
AL: Eu deixei de criar colecções já há algum tempo desde que passei para o seguimento Prêt-à-Portêr em que comprava para as minhas lojas colecções já feitas e passei inclusive a representar algumas marcas nacionais e internacionais, mas, no entanto, sempre que me apetece faço uma ou mais peças para mim. E sempre me inspiro em mulheres elegantes, na natureza, na subtileza e sofisticação.

CH– Se tivesse que escolher no meio de todas essas ocupações que tem desempenhado, qual delas escolheria?
AL: Escolheria trabalhar com a moda, a minha paixão, a minha transformação. Se hoje sou o que sou hoje foi graças à moda. Foi daí que tudo começou e tornou o nome Alexa Tomás uma marca.

CH– Quais as experiências mais marcantes, positivas e negativas, desta nova responsabilidade fora da moda?
AL: A experiência mais marcante até agora foi o acto de tomada de posse, jamais me imaginei naquela posição e a este nível de responsabilidade, ter de fazer um juramento perante pátria em defender os princípios fundamentais, respeitar e fazer respeitar as leis.

CH – Actual vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria do Huambo para área internacional. Perante estas ocupações, continua em prontidão para as passarelas e para apresentar novas colecções?
AL: Para as passarelas sim, continuamos a dinamizar a moda no Huambo enaltecendo e dando espaço, voz e vez a outros criadores de moda através dos eventos de moda e intercâmbios que vou criando para o efeito. Cheguei a uma fase em que quero deixar o legado e promover novos talentos da moda desde estilistas, designers e modelos.

Grande entrevista com Alexa Tomás:   Uma trajectória de sucesso entre o emprrendedorismo, a moda e a política

CH– É membro do YALI, fundação de Barack Obama e Nelson Mandela para formação de jovens líderes Africanos. Qual é a ambição de Alexa dentro desta fundação? O que a sociedade angolana pode esperar?
AL: A minha ambição dentro do Mandela Fellowship é ser uma jovem líder de referência e tenho estado a caminhar mesmo sem esforço nenhum para isso. Um dos factos foi ter sido considerada em 2021 Líder do Ano pela Organização Regional dos Jovens líderes Africanos. A par de outras acções que vêem evidenciando uma liderança exemplar e de prosperidade.

CH: Está inserida em vários projectos ligados a mulheres. Tem algum interesse específico?
AL: Único e maior interesse é transformar mulheres em membros mais activos na sociedade, despertar algumas mulheres sobre o seu potencial e ajudá-las a atingir o seu máximo potencial e servirem de agentes para mudança.

CH: Nesta fase da sua vida profissional, qual é o grau que almeja um dia alcançar?
AL: Ser uma empresária de referência não apenas a nível nacional, mas também noutras latitudes. Quero continuar a transformar vidas através da geração de empregos e criação de novos projectos.

CH– Sonha um dia ser milionária?
AL: Sim. Embora seja uma tarefa difícil nos dias de hoje. Gostaria muito de chegar a uma fase em que o dinheiro pudesse trabalhar por mim e não ser eu sempre a trabalhar por ele.

CH – Independentemente das funções e do tempo que não perdoa, podemos contar sempre com a presença da Alexa no universo da moda ou tenciona um dia abandonar?
AL – Podem contar sim, aínda poderei surpreender a muitos.

Curiosidades sobre a Alexa Tómas

Chocolate: Um livro?

Alexa Tomás: “Orgulho e Preconceito” de Jane Austen

Chocolate: Um autor (a)?

Alexa Tomás: Peppetela

Chocolate: Um ator ou actriz?

Alexa Tomás: Henry Cavill

Chocolate: Um filme?

Alexa Tomás: “Wakanda”

Chocolate: Um desejo?
Alexa Tomás: Acabar com a fome e a miséria.

Grande entrevista com Alexa Tomás:   Uma trajectória de sucesso entre o emprrendedorismo, a moda e a política

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Grande entrevista com Alexa Tomás: Uma trajectória de sucesso entre o emprrendedorismo, a moda e a política
Publicidade