Publicidade

Loja vencedores anuncia recorde de vendas das camisolas da seleção angolana

Em clima de celebração, antecipando a possível vitória da Selecção Nacional de futebol, a Loja Vencedores, reconhecida como a principal distribuidora de material desportivo em Angola, compartilhou com o público, por meio da sua página no Instagram, que as vendas das camisolas da seleção atingiram um recorde absoluto, ultrapassando a marca de 2.500 unidades.

Loja vencedores anuncia recorde de vendas das camisolas da seleção angolana

Dentre os jogadores mais solicitados, destacam-se o 7 Gibelé e o 10 Gelson Dala, afirma Dionísio Paulo, fundador da loja. Este feito notável supera até mesmo as camisolas de equipes amplamente requisitadas, como as do Real Madrid, Benfica e Selecção Argentina.

A Loja Vencedores emerge como um ponto de referência para os adeptos que desejam expressar o seu fervor patriótico por meio da aquisição das vestimentas oficiais da seleção. O entusiasmo em torno desse recorde de vendas reflete não apenas a paixão dos angolanos pelo futebol, mas também a crescente notoriedade do desporto como componente integrante da cultura nacional.

O público aguarda com expectativa a emocionante final do CAN, marcada para hoje, às 18h00, em Abidjan, enfrentando a Nigéria nos quartos-de-final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2023. Enquanto isso, a Loja Vencedores celebra esse feito memorável no cenário do comércio desportivo em Angola.

Loja vencedores anuncia recorde de vendas das camisolas da seleção angolana
Loja vencedores anuncia recorde de vendas das camisolas da seleção angolana
Loja vencedores anuncia recorde de vendas das camisolas da seleção angolana
Loja vencedores anuncia recorde de vendas das camisolas da seleção angolana

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Loja vencedores anuncia recorde de vendas das camisolas da seleção angolana
Publicidade