Publicidade

Ludmilla denuncia racismo após ofensas racistas no “Prémio Multishow 2019”

Ludmilla fez um desabafo na tarde de ontem (29), ao compartilhar um vídeo em que é possível ouvir alguém da plateia a gritar “macaca”, enquanto ela andava em direção ao palco para rever o troféu de “Melhor Cantora do Ano”.

“Alguém me chama de macaca no vídeo, mas não sabemos quem foi a pessoa exatamente”, lamenta a artista. 

Publicidade

“Cara, até quando isso? Olha, as coisas, pra mim, e eu acho que pra maioria dos brasileiros, nunca foram fáceis. E com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas”, desabafou.

A cantora brasileira escreveu um recado para os racistas no texto que acompanha o vídeo publicado nas suas redes sociais.

“A vontade de diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos. Eu só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da Justiça ser lenta, aqui as pessoas que praticam racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar, ou que ela está longe disso”, comenta ela. 

“Ainda bem que eu tenho meu Deus e uma família que não me deixa desmoronar diante dos racistas. A cobrança de vocês uma hora vai chegar”, concluiu a melhor cantora do ano.

Gostarias de escrever para a Chocolate? Aceitamos sempre colaborações com convidados da nossa comunidade e estamos sempre à procura de novos colaboradores. Entra em contacto connosco e vamos discutir as tuas ideias.

Ludmilla denuncia racismo após ofensas racistas no “Prémio Multishow 2019”
Publicidade
Publicidade
Publicidade