Publicidade

Se fica constantemente com soluços, tenha atenção ao que bebe

Em casos mais graves os soluços poderá indicar a existência de uma doença

Se fica constantemente com soluços, tenha atenção ao que bebe

Chega a ser constrangedor quando durante uma conversa ou convívio entre pessoas próximas surgem os soluços e consequente emissão daquele som estranho.

E se os soluços têm sido constantes, pode estar ligado às bebidas que consome, e em casos mais graves poderá indicar a existência de uma doença.

Publicidade

É um problema ligado ao sistema nervoso e pode ser gerado por vários motivos bem diferentes, como ingestão de bebidas com gás, mudanças súbitas de temperatura, derrame, depressão e até pneumonia.

O tipo mais comum de soluço, que passa depois de alguns minutos, é causado por uma irritação no nervo frênico, responsável pelo movimento do diafragma, músculo que controla a nossa respiração. Deste modo, quando o estômago fica cheio, esse nervo é pressionado e a reação do diafragma é se contrair. Assim, a laringe, que fica na garganta, bloqueia o ar que vai da boca para os pulmões e faz com que as cordas vocais vibrem. 


Isso explica ainda a razão pela qual se costuma beber água ou prender a respiração quando se está com soluços. São formas de fazer o diafragma voltar ao seu ritmo normal.

Em casos mais sérios, o soluço pode estar ligado a doenças como:

  1. Dilatação do estômago por excesso de comida ou bebidas gasosas;
  2. Consumo de bebidas alcoólicas;
  3. Doenças gastrointestinais, como refluxo gastroesofágico, 
  4. Alterações dos eletrólitos do sangue, como falta de cálcio, potássio ou sódio;
  5. Insuficiência renal, que causa excesso de ureia no sangue;
  6. Diminuição do CO2 na corrente sanguínea, por respiração acelerada; 
  7. Infecções, como gastroenterites ou pneumonias;
  8. Inflamações respiratórias ou abdominais, como bronquite, esofagite, pericardite, colecistite, hepatites ou doenças inflamatória intestinal;
  9. Cirurgias na região do tórax ou abdómen;
  10. Doenças cerebrais, como câncer, esclerose múltipla ou meningite, por exemplo.

Se fica constantemente com soluços, tenha atenção ao que bebe
Publicidade
Publicidade
Publicidade